Educando e convivendo com crianças e adolescentes

 O que seria uma prática educacional apropriada? Uma prática de um convívio mais harmonioso, satisfatório e recompensador, contribuindo para tornar as pessoas mais saudáveis e felizes. Essa prática utiliza o respeito, a disciplina e os limites, exercidos por meio da firmeza, e não da agressividade, totalmente em conformidade com a recente legislação brasileira, que apresenta até agressão moderada contra crianças e adolescentes, mesmo sob o pretexto educativo.


Pensando em colaborar com a formação de professores e auxiliar os cuidadores em sua missão, a PAULUS indica a leitura Educando e convivendo com crianças e adolescentes, limites e disciplina sem agressividade, que em 2020 ganhou nova edição. Nela, a autora Janet Marize, psicóloga e especialista em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes destaca que foco de seu trabalho é a educação com firmeza e sem agressividade, bem como a construção de relacionamentos saudáveis e gratificantes entre adultos, crianças e adolescentes, promovendo o desenvolvimento do ser humano.


Equipe Imprensa!
Educando e convivendo com crianças e adolescentes
O livro traz experiências e relatos de adultos, crianças e adolescentes em relação as suas vivencias no processo de educar/aprender, o que possibilita o entendimento dos relacionamentos e colabora na construção de uma prática educacional apropriada. A nova edição traz um capítulo específico sobre a adolescência, com as particularidades dessa fase e um caminho para entender e se relacionar com eles, tanto em família como na escola. Outra novidade é uma explanação especial para educadores com orientações sobre planejamento financeiro, uso de eletrônicos e outras questões que desafiam pais, cuidadores e professores.








Roberta Molina
assessor.imprensa@paulus.com.br
(11) 5087-3634 (11) 98751-3050

Cleane Santos
imprensa@paulus.com.br
(11) 5087-3733 (11) 98751-3050



Acesse o nosso site:

Comentários