Você sabe a importância do sono para mãe e bebê?

 

Você sabe a importância do sono para mãe e bebê?

Na semana do sono, especialista de Philips Avent dá dicas para mãe e bebê dormirem melhor


Comemorado no dia 19 de março, o Dia Mundial do Sono chama a atenção da população para a importância do sono na saúde física e mental das pessoas. Uma pesquisa global da Philips, líder global em tecnologia de saúde, "Em busca de soluções: como a Covid-19 mudou o sono pelo mundo" revela que, com a pandemia, a qualidade do sono das pessoas foi ainda mais afetada. Desde o início da pandemia, 70% dos entrevistados experimentaram um ou mais novos problemas de sono, com 60% relatando que a pandemia afetou diretamente sua capacidade de dormir bem.

Agora, imagine este cenário na vida das mães que acabaram de ter seus bebês e são expostas a uma rotina intensa de cuidados com a criança. "O sono é um dos pilares fundamentais para o bom desenvolvimento físico, cognitivo e emocional, porém, não podemos deixar de pensar no sono como um "estado" que, para ter qualidade, depende de fatores como o ambiente em que estamos, o estado emocional que nos encontramos, nossas condições de saúde, a nossa alimentação, entre outros", explica Eneida Souza, consultora em aleitamento materno parceira de Philips Avent.

Quando falamos das mães, existe uma série de outros fatores externos que influenciam na qualidade do sono. Para algumas delas, o bom sono está relacionado apenas à uma boa recuperação do parto, seja ele normal ou cesárea. Mas, a verdade é que, mesmo com uma excelente recuperação no pós parto, o corpo precisa de tempo para recuperar-se, ainda que a sensação da parturiente seja de disposição imediata.

"O descanso por meio de um bom sono já nos primeiros dias, ajuda também na produção de leite, no entendimento e melhor interpretação dos choros do bebê, na disposição para cuidar dos pequenos e, para se cuidar, afinal, a mulher também precisa de cuidados após o parto. Mãe e bebê são dois seres que passam por grandes transformações que fazem do sono uma montanha-russa", conta a especialista.

De acordo com o estudo norueguês, publicado no The New Your Times, mesmo dois anos após o parto, 41% das mulheres ainda sofrem com insônia em comparação a cerca de 10 a 15% da população geral com o mesmo problema. "Já na gestação, a mãe passa a viver em estado de alerta em relação ao bebê e com o nascimento da criança, isso só aumenta na maioria dos casos. É uma questão instintiva, mas é muito importante entender que a exaustão ocasionada pela falta de sono pode atrapalhar na realização de tarefas simples, comprometendo inclusive, o cuidado com o bebê e até o sucesso da amamentação", reforça a profissional.

O sono do bebê recém-nascido é diferente do sono dos pais podendo chegar a cerca de 16 e 18 horas por dia, além de ser responsável pelo adequado desenvolvimento físico, cognitivo e emocional dos pequenos. Por isso, confira abaixo as dicas de como adaptar a rotina para que mãe e bebê possam dormir melhor.

Para melhorar o sono das mães:

• Nas primeiras semanas após a chegada do bebê esqueça tudo ao seu redor, foque em comer, amamentar e descansar sempre que tiver uma oportunidade.

• Conte com uma rede de apoio e parceiro para cuidar do bebê, organizar a casa, fazer o supermercado e as demais tarefas domésticas enquanto você descansa.

• Se o bebê dormir, durma você também!

• Tome um banho demorado antes de dormir.

• Se você tiver as bolsas térmicas de gel indicadas para compressa nas mamas, aqueça, coloque o protetor e posicione-as na região dos ombros para relaxar.

• Mesmo que o cansaço tire seu apetite, não pule as refeições para não comprometer a produção de leite.

• Se necessário for, use um bom extrator para extrair o leite materno e alguém oferecer o leite para o seu bebê para que você possa dormir um pouco mais.

Para melhorar o sono dos bebês:

• Evite colocar rotina nas primeiras semanas.

• Ofereça o colo sem medo para dar segurança ao bebê e ajudá-lo a adaptar-se melhor fora do útero.

• Quando o bebê adormecer, evite tirá-lo do local onde ele está dormindo.

• Entre 18 e 19 horas, diminua a luz e som da casa para preparar o ambiente para o sono do bebê.

• Use a massagem como um momento de interação entre mãe e bebê, esta é uma forma dele sentir-se seguro e relaxado para um sono melhor.

• A qualidade do sono do bebê não está relacionada apenas ao tempo em que ele dorme, mas também ao padrão do sono. Observe o seu bebê para entender o quão descansado ele está.

• Próximo aos 3 meses de vida, é comum o bebê ter comportamentos diferentes, o que chamamos de "Picos de Crescimento". Com isso, o sono e as mamadas podem sofrer alterações. Tenha paciência que é apenas uma fase.

Eneida Souza é enfermeira pediatra, consultora em aleitamento materno pela Universidade da Califórnia em Angeles (UCLA-CA) e terapeuta sistêmica para família, casal, individual. Atualmente, é parceira de Philips Avent.


Sugestões de produtos:

Extrator de leite manual Philips Avent (SCF330) - Ideal para uma extração de leite materno rápida e confortável. As exclusivas pétalas Philips Avent possuem uma textura aveludada que aquece a pele e garante um estímulo do fluxo de leite suave. Durante o uso, as pétalas são flexionadas para estimular a descida do leite. Compatível com toda a linha de produtos Philips Avent. Sugestão de preço: R$ 239,90 .

Copos de armazenamento Philips Avent (SCF618) - Ideais para apoiar a extração e o armazenamento do leite materno, podendo, também, ser utilizados como copo para extração. Possuem tampa com vedação para armazenamento e transporte seguro, além de local para anotar as datas de armazenamento. São compatíveis com toda a linha de Philips Avent e podem ser utilizados diretamente no extrator de leite. Sugestão de preço: R$ 134,90.

Bolsas Térmicas de Gel para seios (SCF258) - A almofada térmica 2 em 1 ajuda a estimular o fluxo de leite antes da amamentação quando utilizada quente e alivia a dor das mamas quando utilizada fria. Sugestão de preço: R$134,90.
Relações com Imprensa Philips do Brasil

FleishmanHillard Brasil

Lane Vilas Boas | lane.vilasboas@fleishman.com.br | 11 3185-9937

Eduardo Correia | eduardo.correia@fleishman.com.br | 11 3185-9905

Renata Jordão | renata.jordao@fleishman.com.br | 21 3723-8094

Sobre a Philips

A Philips é uma empresa líder em tecnologia da saúde, focada em melhorar a qualidade de vida das pessoas e em permitir melhores resultados por meio do ciclo completo da saúde, que envolve desde vida saudável e prevenção, até diagnóstico, tratamento e cuidados domiciliares. A Philips utiliza tecnologia avançada e profundos conhecimentos clínicos, assim como as perspectivas dos consumidores para oferecer soluções integradas. A empresa, com sede na Holanda, é líder em diagnóstico por imagem, terapia guiada por imagem, monitoração de pacientes, informática voltada à saúde, cuidados domésticos e saúde do consumidor. Em 2019, o segmento de tecnologia de saúde da Philips alcançou 19,5 bilhões de euros em vendas e emprega cerca de 81 mil colaboradores de vendas e serviços em mais de 100 países. Para obter mais informações sobre a Philips, acesse: https://www.philips.com/newscenter

Referências:

Trajectories of maternal sleep problems before and after childbirth: a longitudinal population-based study, 2015; Seeking Solutions: How COVID-19 Changed Sleep Around the World, 2020, Royal Philips.


Comentários