Translate

Método Tabata queima até 300 calorias em treinamento curto sem sair de casa

 Método Tabata queima até 300 calorias em treinamento curto sem sair de casa


Quarentena ativa, educadora física explica protocolo que pode ajudar a manter a forma e saúde em apenas quatro minutos. Conheça benefícios, contraindicações, diferenças para o HIIT e movimentos usados no Tabata

O período de quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus mudou a rotina de muitas pessoas pelo mundo. Com o fechamento de diversos estabelecimentos para evitar aglomerações e contato, incluindo academias e alguns lugares públicos, a solução é continuar (ou até mesmo começar) os exercícios físicos em casa.

Vanessa Furstenberger é Educadora Física e explica que é muito importante manter o hábito de fazer atividades nesse momento, não só para o corpo, mas também para a saúde mental. "Se engana quem pensa que é preciso ter equipamentos em casa. O método TABATA por exemplo, melhora o condicionamento cardiorrespiratório, além de atuar na elevação da força e resistência usando o próprio corpo." Completa.

O Tabata usa o conceito do HIIT (Treino Intervalado de Alta Intensidade) - sequências que intercalam movimentos de alta intensidade com movimentos de baixa ou média intensidade. Exercícios intensos intercalados com repouso por um total de quatro minutos, inclui ainda mais um tempo de aquecimento inicial e repouso final para ser completo, totalizando 16 minutos de treinamento. Normalmente, uma trilha sonora vigorosa ajuda a criar o clima. "Basicamente, o método Tabata é um protocolo de treino aeróbico intervalado de alta intensidade e curta duração, visando acelerar o metabolismo promovendo maior gasto calórico durante e após o treino - explica Vanessa."

Diferentemente dos outros treinos de alta intensidade (HIIT), no Método Tabata o tempo de descanso é menor. O foco deste protocolo é melhorar as condições cardiorrespiratórias e a força muscular. Como isso leva ao aumento do consumo de oxigênio, também teremos maior consumo calórico, o que vai variar de pessoa para pessoa.

Método Tabata:

• 10 minutos de aquecimento;

• 8 piques de 20 segundos de execução de exercícios em alta intensidade intercalados com;

• 8 momentos de 10 segundos de relaxamento;

• 2 minutos de repouso;

• 4 minutos de treino do protocolo, na soma total de exercícios e repousos;

• 16 minutos de treinamento completo, incluindo aquecimento e repouso final;

• Até 300 calorias queimadas.

Movimentos:

• Polichinelo;

• Flexões;

• Agachamento;

• Lunge;

• Mountain climbers;

• Abdominais;

• Skipping;

• Burpee.

Sobre Vanessa Furstenberger

Vanessa Furstenberger é formada em Educação Física desde 1995. Mesmo sendo profissional do esporte sempre sofreu para manter o peso "ideal", não tinha equilíbrio na alimentação e chegou a pesar 98 kg, "Minha vida sempre foi um engorda e emagrece." Em 2009 a profissional começou a praticar corrida e ao preparar uma aluna para a modalidade, realmente enxergou o quão fora do peso e sem saúde estava. Com auxilio de nutricionista e a paixão pela corrida (incentivo principal para mudança) Vanessa passou por uma reeducação alimentar aliada a corrida e musculação leve; ao longo de um ano atingiu um percentual de 15.5% de gordura corporal e atualmente busca os 12%. Sem cirurgia e inibidores de apetite. Além disso, o emagrecimento rendeu 5 pódios de provas de corrida: no asfalto (4º lugar), corrida de obstáculos (2º lugar ) e 3 pódios consecutivos em prova de montanha ( 1º lugar por categoria, 3º lugar por categoria e 2º lugar por categoria). "Uma glória para uma ex-obesa que perdeu 40 kg aos 40 anos de idade." Finaliza Vanessa.

Créditos:

Vanessa Furstenberger Educadora Fisica

@va.personal



INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA

UPDATE COMUNICAÇÃO

Comentários