Dicas e receitas para o Dia das Mães

 Dicas e receitas para o Dia das Mães



Dia das Mães está chegando e nada melhor que um almoço especial para comemorar a data, celebrada no domingo, dia 09.

O autêntico Bacalhau da Noruega é o Gadus morhua (da família Gadidae), que vem das águas frias e cristalinas dos mares que circulam o Polo Norte, na Noruega, garantindo a melhor qualidade e o sabor único. A Noruega possui o maior estoque de bacalhau do mundo. O Bacalhau da Noruega é altamente saudável, tem baixo teor de gordura - cada 100g do peixe possui aproximadamente 160 calorias, é fonte de proteínas, cálcio, ferro e rico em ômega 3, além de ser livre de conservantes artificiais, porque é apenas peixe e sal.

O conhecimento e a experiência únicos da Noruega constituem uma das maiores comunidades de pesquisa e desenvolvimento em pesca e produtos do mar do mundo. Seafood from Norway é a marca representada pelo Conselho Norueguês da Pesca, que, além de ser usada globalmente, é símbolo de origem e da qualidade dos produtos exportados pela Noruega para o mundo todo.

Além do Gadus morhua, há outros peixes da mesma família (Gadidae) que são salgados e secos da mesma forma e com o mesmo padrão de qualidade. Apesar de espécies de peixes diferentes, passam pelo mesmo processo, e são ideais para diversas receitas.

O Saithe é o mais comercializado no Brasil. Ele possui um sabor mais forte e coloração menos clara. Quando cozido, sua carne macia desfia com facilidade. É perfeito para preparar bolinhos, saladas e ensopados.

O Zarbo é o menor entre os peixes da família Gadidae. Possui uma carne branca suculenta e um sabor característico de marisco devido ao habitat natural no leito do mar, nos profundos fiordes da Noruega. É ótimo para a preparação de pratos desfiados, caldos, pirões e bolinhos.

O Ling é o mais estreito entre os peixes da família Gadidae. A carne branca e apetitosa é perfeita para pratos desfiados, assados, cozidos e grelhados.

Na hora de comprar o bacalhau, é importante checar a origem do produto para ter a certeza de que está levando para casa o autêntico Bacalhau da Noruega. Essas informações estão disponíveis na etiqueta e também na logomarca da Seafood from Norway, representada pelo Conselho Norueguês da Pesca, que, além de ser usada globalmente, é símbolo de origem e da qualidade dos produtos exportados pela Noruega para o mundo todo.

É muito importante analisar a cor do peixe, porque isso mostra a qualidade do produto. A coloração varia de acordo com o tipo de bacalhau e a cor branca não significa um produto melhor. Se certificar de que o bacalhau está seco, sem nenhuma parte visivelmente úmida e descolorida, é outro passo importante. Para obter o sabor clássico do bacalhau é importante que ele seja seco e salgado, pois isso garante a qualidade premium do autêntico Bacalhau da Noruega.

Primeira etapa - Como dessalgar:
O tempo de dessalgue do bacalhau depende da altura das postas e a peça escolhida. O indicado é a colocação do bacalhau em recipiente de água fria, com pedras de gelo, dentro da geladeira e usar duas partes de água para cada parte de bacalhau.

Indicação de tempo de dessalgue e troca de água:
· Bacalhau Desfiado: 6 horas (trocar a água de 3 em 3 horas)
· Postas normais: 24 horas (trocar a água de 6 em 6 horas)
· Postas grossas: 40 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
· Postas muito grossas: 48 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
· Lombos muito grossos: 72 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)

Escolhendo a receita para o Dia das Mães

Lombo de Bacalhau da Noruega grelhado com pupunha
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ingredientes:
2 lombos de Gadus morhua da Noruega, após dessalgar
4 unidades de palmito pupunha fresco
1/2 xícara (120 ml) de azeite de oliva
1/3 de xícara de folhas de manjericão
20g de nozes ou pinoli
3 colheres de sopa de parmesão ralado
1 dente de alho
2 folhas de louro
Salsinha picada a gosto
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Pimenta rosa em grãos a gosto

Modo de fazer:
Leve uma panela com água ao fogo (Não deixe a água ferver)
Quando começar as bolhinhas no fundo, abaixe o fogo e coloque os lombos
Deixe cozinhar em fogo brando por apenas 3 minutos, para não alterar o sabor ou a textura
Retire o bacalhau com delicadeza e deixe esfriar um pouco
Enquanto isso coloque em um processador metade do azeite, um pitada de sal e o alho e bata um pouco
Em seguida acrescente as nozes ou pinoli, o queijo parmesão e as folhas de manjericão bem secas e ligue no pulsar, se necessário acerte o sal.
Reserve o molho pesto
Corte os palmitos pupunha ao meio
Coloque um pouco de azeite de oliva em uma frigideira e acrescente os palmitos pupunha lado a lado e tempere-os com sal e pimenta do reino
Deixe dourar por uns 4-5 minutos de cada lado
Enquanto eles douram corte os lombos de bacalhau ao meio retirando a espinha central e possíveis espinhas
Em uma frigideira em fogo médio, coloque um pouco de azeite de oliva e acrescente as folhas de louro e algumas pimentas em grão rosa
Coloque os lombos de bacalhau com delicadeza e vire a cada 2-3 minutos ou quando dourarem
Quando grelhar de todos os lados retire da frigideira
Monte o prato e decore com salsinha

Bobó de Bacalhau da Noruega

Ingredientes:
600g de Bacalhau da Noruega ou peixes salgados secos da Noruega (Saithe, Zarbo ou Ling), após dessalgado (cortados em cubos de 2cm)
500g de mandioca descascada
1 cebola picada
1 pimentão vermelho picado
5 dentes de alho picados
1 tomate sem sementes picado
1 pimenta dedo-de-moça picada
1 garrafinha (200ml) de leite de coco
1/4 de xícara (60 ml) de azeite de oliva
2 colheres de sopa (26 ml) de azeite de dendê
Sal a gosto
Coentro picado a gosto
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:
Colocar em uma panela a mandioca e cobrir com água.
Levar ao fogo alto, quando ferver abaixar o fogo e deixar cozinhar por cerca de 35 minutos ou até a mandioca ficar bem macia (caso prefira pode colocar na pressão por 15-20 minutos).
Enquanto isso…secar muito bem todos os cubos de bacalhau após dessalgar.
Colocar em uma frigideira um pouco de azeite de oliva e esperar aquecer.
Selar os pedaços de bacalhau em etapas, não colocar tudo de uma vez, pois caso contrário irá juntar líquido, conforme tenha necessidade acrescentar mais azeite de oliva.
Deixar os cubos de bacalhau por cerca de 2 minutos até dourar.
Retirar delicadamente o bacalhau dourado e deixar reservado em uma tigela.
Na mesma frigideira, sem lavar, acrescentar a cebola, o pimentão vermelho e deixar refogar uns 2 minutos.
Juntar o alho e deixar até começar a dourar.
Em seguida, colocar o tomate, a pimenta dedo-de-moça e um pouco de sal.
Deixe refogar por mais 3 minutos.
Transferir este refogado para dentro do liquidificador, junto com a mandioca cozida e com um pouco da água do cozimento e bater.
Não bater em excesso, apenas até desmanchar os pedaços de mandioca.
Transferir este creme batido para uma panela e juntar o coentro picado, o leite de coco, o azeite de dendê, mexer bem e acertar o sal.
Quando levantar fervura colocar os pedaços de bacalhau e cozinhar por mais 3 minutos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
DICA: Nesta receita utilizamos as postas finas do bacalhau, as que se localizam nas laterais dos lombos, nas abas.

Bolinho de Bacalhau da Noruega com mandioca

Nível de dificuldade: Fácil
Tempo: 1 hora
Rendimento 20 bolinhos

300g de postas finas de Gadus morhua da Noruega, após dessalgar
300g de mandioca descascada
Salsinha picada a gosto
Pimenta do reino a gosto
Clara 1 unidade
Óleo vegetal para fritura

Colocar bastante água em uma panela e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar as postas finas de bacalhau
Deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos
Retirar com uma escumadeira e deixar o bacalhau escorrer bem
Nessa mesma água do cozimento do bacalhau acrescentar a mandioca e deixe cozinhar até ficar bem macia, cerca de 35 minutos (caso prefira pode colocar na pressão por 15-20 minutos)
Escorrer, retirar o fiapo central da mandioca e amassar ela ainda quente
Com o bacalhau já mais frio retirar a pele e espinhas e desfiar
Em uma tigela acrescentar o bacalhau desfiado, a mandioca amassada, a salsinha picada, a pimenta do reino e misturar muito bem
Bater a clara em ponto de neve e misturar na massa dos bolinhos
Pegar cerca de 1 colher de sopa de massa e modelar do formato que preferir
Fritar em óleo quente até dourar
Seque em papel absorvente.

Bacalhau da Noruega assado coberto com refogado de pimentões

Ingredientes:
2 lombos de Gadus Morhua da Noruega, após dessalgado
1/4 de xícara de chá (60 ml) de azeite de oliva
6 dentes de alho descascados
4 unidades de mini cebolas descascadas e cortadas ao meio
1/2 unidade de pimentão vermelho fatiado
1/2 unidade de pimentão amarelo fatiado
1 colher de sopa (20g) de manteiga
1 unidade de batata descascada e fatiada bem fina
4 unidades de azeitona preta
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Salsinha picada a gosto

Modo de fazer:
Colocar os lombos de bacalhau já dessalgados em um refratário e pincelar azeite de oliva e temperar com pimenta-do-reino.
Colocar junto no refratário as mini cebolas e os dentes de alho, temperar com sal e um fio de azeite.
Cobrir com papel alumínio e levar ao forno pré aquecido a 150ºC por 15 minutos.
Retirar o papel alumínio e retirar a espinha central dos lombos de Gadus morhua da Noruega.
Colocar as mini cebolas e o dente de alho em uma frigideira com um pouco de azeite e deixar que dourem.
Retirar ambos e na mesma panela (sem lavar para pegar todo sabor) colocar as fatias de batata cortadas bem finas e temperar com sal.
Acrescentar mais azeite, se necessário, e virar com cuidado para que cozinhem e dourem.

REFOGADO DE PIMENTÕES
Em uma panela colocar um pouco de azeite de oliva e os pimentões vermelho e amarelo.
Temperar com sal e pimenta-do-reino e tampar.
Deixar abafado por cerca de 5-7 minutos ou até ficarem macios.
Abrir a panela e acrescentar a manteiga e as azeitonas.
Misturar bem e manter mais 1 minuto no fogo.
Desligar o fogo e acrescentar a salsinha picada.
MONTAGEM
Cobrir os lombos de Bacalhau da Noruega com o refogado de pimentões e servir acompanhado da azeitona, da batata, do alho e da mini cebola.

Natália Palmegiano

Moqueca de Bacalhau da Noruega

Natália Palmegiano


Bacalhau da Noruega assado coberto com refogado de pimentões
Natália Palmegiano

                      
          Lombo de Bacalhau da Noruega grelhado com Pupunha
Natália Palmegiano


Bolinho de Bacalhau da Noruega com mandioca

Comentários