Jovens do Instituto da Oportunidade Social criam soluções de Inteligência Artificial em hackathon organizados pela Accesstage

 



Jovens do Instituto da Oportunidade Social criam soluções de Inteligência Artificial em hackathon organizados pela Accesstage

Os 11 jovens que tem entre 18 e 23 anos fazem parte do Programa de Desenvolvimento de Estágio (PDE) e Programa de Desenvolvimento de Aprendizes (PDA) no Grupo Accesstage




Alunos do IOS - participantes do hackathon
Alunos do IOS - vencedores do hackathon


12 de maio de 2021 - Parceiros de longa data, a techfin Accesstage e o Instituto de Oportunidade Social (IOS), que há mais de 20 anos está comprometido com a empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência, promoveram, na última semana seu primeiro hackathon. Onze jovens selecionados pelo instituto, divididos em três grupos, apresentaram seus projetos de inovação em Inteligência Artificial para aplicações na Accesstage, Movats e Negocie Online, empresas do Grupo Accesstage.

Em uma parceria que já dura 10 anos, a Accesstage oferece para jovens do IOS oportunidades de primeiro emprego, jovem aprendiz e estágio onde eles podem ser efetivados passando a integrar o quadro da companhia. O programa tem duração de um ano e a novidade da última edição foi o hackathon que coroou o ciclo. Ao todo 30 jovens do IOS já passaram pela Accesstage.

De acordo com Maria Funari, Head de pessoas do Grupo Accesstage, os jovens, estagiários e aprendizes, ingressaram no programa PDE - Programa de Desenvolvimento de Estágio e PDA - Programa de Desenvolvimento de Aprendizes em abril do ano passado, contando com suporte de mentores no desenvolvimento de competências importantes no mundo corporativo e essenciais para o negócio do Grupo, como por exemplo resolução de problemas, trabalho em equipe, melhor forma de se expressar e agir em reuniões, elaboração e apresentação de projetos, além do desenvolvimento técnico conforme a necessidade da área de atuação dentro da empresa.

Os projetos começaram a ser desenvolvidos em de fevereiro quando as "dores" de cada área foram apresentadas para que os grupos pensassem em soluções usando a inteligência artificial que gerasse economia de tempo e financeira, melhor usabilidade para as áreas. Entre março e abril, os três grupos desenvolveram seus protótipos e pitch que foram apresentados no último mês.

O grupo vencedor formado por Chiara Martins de 19 anos, assistente de operações na área de Customer Success, Rodrigo Tavares de 26 anos, estagiário na área de Suporte, Victor de Souza de 21 anos, analista de desenvolvimento na área de produtos e Maria Eduarda de 18 anos, aprendiz na empresa Movats, os grupos desenvolveram uma solução para resolver erros e reenviar automaticamente arquivos recebidos por clientes e com isso economizar tempo e trabalho dos profissionais que até então, precisavam ligar para o cliente solicitando o reenvio do arquivo. O grupo criou uma aplicação chamada "Fenix" que possui a assistente virtual batizada de Cess (mesmo nome da brand persona Accesstage) que identifica os problemas e oferece soluções e apoio para os clientes durante o processo de envio de arquivos. A Cess pode ser expandida para toda a plataforma Accesstage como uma assistente virtual oficial da companhia. Além de ver seu projeto ser implementado na Accesstage, o grupo também recebeu uma premiação de R$ 4 mil.

Um dos destaques dos projetos apresentados foi a complexidade das aplicações e as apresentações que levaram em consideração análises de mercado, precificação do serviço, custo de implementação e previsão de economia com a utilização das novas soluções. O segundo grupo apresentou uma solução para o Access Card, plataforma de conciliação de vendas via Cartões da Accesstage. Foi criado um aplicativo com inteligência artificial que tornou a usabilidade do produto muito melhor para o cliente final.

Já o terceiro grupo, ao apresentar o projeto, trouxe uma solução para a Negocie Online, empresa especializada em cobrança e renegociação digital. A inteligência artificial criada pelo grupo se propõe a escanear e ler comprovantes de pagamento e identificá-los automaticamente liberando com agilidade novamente o serviço, (energia elétrica, por exemplo), contratado pelo cliente final. Um dos desafios do projeto foi identificar e diferenciar um comprovante real de um falso ou mesmo, outros documentos que fossem enviados.

A banca responsável por avaliar os trabalhos foi composta por heads de áreas da Accesstage e empresas do grupo. Todos os trabalhos foram muito elogiados e de acordo com Celso Sato, CEO da Accesstage, tem potencial para serem implementados na companhia nos próximos meses.

"Todos os projetos são sensacionais e estão alinhados com a cultura da Accesstage. Todos eles pensaram com muita atenção no cliente levando em consideração a filosofia de Customer Success que implantamos o ano passado. Também estão conectados com as novidades de mercado como serviços em nuvem e software as a service. Fico muito contente em ver os jovens do IOS se desenvolvendo dentro da Accesstage", comenta Sato.



Sobre a Accesstage (http://site.accesstage.com.br/):

Com o propósito de revolucionar a gestão nas empresas e trazer prosperidade financeira para os negócios, a Accesstage, Techfin, que integra tecnologia e serviços para simplificar e promover maior performance na gestão financeira, tem como posicionamento empoderar os gestores financeiros por meio de tecnologias para ver, prever e agir, assim tornando-os confiantes para tomar decisões acertadas.

Com uma base de mais de 120 mil empresas conectadas, mais de 80 adquirentes de cartões e mais de 300BI trafegados anualmente em suas plataformas, a Accesstage é integradora de soluções e serviços para a gestão de pagamentos/recebimentos, transferência eletrônica de informações financeiras e cessão de crédito por meio do mercado de capital. É a primeira empresa do segmento a receber a certificação Payment Card Industry - Data Secutirty Standart (PCI-DSS), além das premiações como 100+ Inovadoras do Brasil e TOP 200 Empresas de Tecnologia. Investiu também em algumas empresas e hoje fazem parte do Grupo: Negocie nline, Trustion, Movats, IN10 e Kaspper.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ACCESSTAGE
Luane Shimabuku (luane@coregroup.com.br) - (11) 996082837

Sandra Takata - (sandra@coregroup.com.br) - (11) 2832-5507



Sobre o IOS
Comprometido com a empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência que tenham menor acesso às oportunidades do mercado de trabalho, há mais de 23 anos o IOS desenvolve projetos de formação profissional gratuita em temas variados. "Administração" e "Tecnologia" compõem a grade de cursos, além do enfoque comportamental. Qualificado como Entidade Beneficente de Assistência Social certificada pelo CEBAS (Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social), o IOS já formou mais de 39 mil profissionais para os setores de Tecnologia da Informação, Administração, RH e Atendimento ao Varejo. A instituição é mantida por empresas privadas como a TOTVS - sua fundadora e principal mantenedora - além da Dell, BrasilPrev, BASF, Clear Corretora, CTG, IBM, Mercado Livre, Microsoft, Vale, Arcos Dorados, Fundação Beneficente Elijass Gliksmanis, Zendesk entre outras. Mais informações: ios.org.br

IOS | Informações para Imprensa:

Pitchcom Comunicação

Comentários