Aluna do Sesi-SP vai palestrar na conferência TED, destinada à disseminação de ideias inovadoras

 


Aluna do Sesi-SP vai palestrar na conferência TED, destinada à disseminação de ideias inovadoras

No dia 22 de junho, a estudante Maytê Andrade, de 13 anos, vai se apresentar online na edição regional do evento, a TEDxLaçador, de Porto Alegre. Fotos.



"O essencial é invisível aos olhos". A famosa citação do livro O pequeno príncipe, utilizada para conduzir uma atividade escolar no Sesi de Santa Bárbara d’Oeste inspirou a aluna do 9º ano, Maytê Andrade, a criar uma paleta de tintas capaz de proporcionar às pessoas cegas a percepção das cores por meio de outros sentidos. O projeto rendeu a ela um convite para palestrar na TED, no dia 22 de junho, conferência destinada à disseminação de boas ideias.


Divulgação da participação de Maytê Andrade como uma das palestrantes da TEDxLaçador, de Porto Alegre.


Batizada de "Pacor, o mundo colorido não visto", com a paleta, a ideia é garantir maior autonomia e liberdade a estudantes com deficiência visual e com baixa visão nos estudos de artes e em momentos de lazer. "Durante a aula, trouxemos várias ideias e curiosidades para serem discutidas, como a história do artista John Bramblitt, que se inspira em músicas para pintar seus quadros. Então pensei, ‘por que não criar algo que possibilite a inclusão no meio artístico?’", declarou Maytê, de 13 anos.

Para a experiência ser bem-sucedida, cada uma das cores da paleta conta com um perfume relacionado a vivências cotidianas. Para identificar o azul foi adicionado protetor solar, remetendo ao cheiro característico quando se está à beira mar ou na piscina. Na tinta vermelha, uma essência de morango, cor da saborosa fruta. O eucalipto, aroma de produtos para limpeza dos ambientes, representa a cor verde.


Protótipo da paleta de tintas criada pela aluna, em 2020.

Além do olfato, a paleta pode ser explorada pela audição. A audiodescrição foi feita por meio de uma plataforma que é acionada pelo toque, criada durante as aulas de Programação e Robótica oferecidas no Sesi-SP para alunos de todas as séries.

"A Ciência está aqui hoje, neste momento, e em nosso dia a dia, pois o conhecimento vai além dos livros. Muitas vezes, importar-se com o próximo, como a Maytê fez, é uma grande inspiração para aplicar a Ciência. Assim como ela foi brilhante, todos os jovens também podem criar e fazer Ciência, e outras ideias geniais também podem surgir", destacou a professora Érica Fátima Inácio, uma das orientadoras do projeto PACOR, criado em 2020 durante aulas da disciplina Eixo Integrador Interáreas.

Reconhecimento

Com o projeto, Maytê participou da edição 2021 da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) e conquistou o prêmio "Meninas em STEAM" (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), sendo contemplada com uma bolsa de iniciação científica júnior concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Ela também conquistou o prêmio "Poli Cidadã de Tecnologia e Desenvolvimento Social", recebendo um certificado de menção honrosa e um vale-livro no valor de R$ 100 patrocinado pela Fundação Vanzolini.


Maytê durante homenagem da Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste em reconhecimento ao seu projeto.

Além disso, a aluna foi homenageada pela Câmara Municipal de sua cidade. Uma Moção de Aplauso à Maytê foi apresentada em Sessão Ordinária em 6 de abril de 2021. O Sesi Santa Bárbara também recebeu uma Moção de Aplauso em reconhecimento à sua política educacional. Na ocasião, a escola realizou uma cerimônia para celebrar essa conquista.

Aluna vai palestrar em conferência no dia 22 de junho

Além dos prêmios e homenagens, o projeto rendeu à criadora da ideia um convite para palestrar na TED, uma conferência destinada à disseminação de boas ideias. Maytê participará da edição regional do evento, a TEDxLaçador, de Porto Alegre, no dia 22 de junho, às 19 horas. Para se inscrever na palestra online e prestigiar a aluna do Sesi, clique aqui.

SESI-SP Educação

Comentários