Empreendedorismo brasileiro: escola de negócios Scaleup

 Empreendedorismo brasileiro: escola de negócios Scaleup atinge, em menos de uma hora, mais de mil alunos inscritos


Em apenas 42 minutos, a quantidade de matrículas superou o esperado para o mês inteiro

Cenário evidencia o interesse do público em ter seu próprio negócio e independência financeira. Um dos objetivos dos estudantes é empreender na internet e aumentar as vendas em canais digitais

Não é de hoje que o brasileiro se interessa por negócios e ter sua própria empresa. O país fechou 2020 com 19.907.733 empresas ativas, o que representa crescimento de 3,2% em relação ao segundo quadrimestre (maio a agosto) de 2020. Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os que têm mais empresas e atuação, com quase 50% do total, e muitos desses empreendedores, ao abrir seus negócios, optam pelo modelo do microempreendedor individual (MEI), com menor burocracia e tributação.

Pensando nesse público, que muitas vezes tem dúvidas sobre qual caminho seguir e quais os meios para obter mais resultados, a Scaleup foi criada. A escola digital de negócios tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de empreendedores e possui entre os fundadores o ex-executivo do Mercado Livre Brasil, Frederico Flores.

Com conteúdo prático e teórico divididos em 5 pilares, 10 capítulos e mais de 450 aulas, os cursos vão desde Finanças & Administração, Produto & Tecnologia, Gestão & Operação, Vendas & Marketing até Cultura & Pessoas. A primeira turma foi preenchida em tempo recorde - em menos de uma hora da abertura das matrículas - mais precisamente 42 minutos - a escola atingiu mil alunos matriculados: o esperado para o mês inteiro.

O evento de lançamento foi assistido ao vivo por mais de 44.000 empreendedores no Youtube e teve 4 aulas online gratuitas disponibilizadas. A segunda turma tem lançamento previsto para agosto e conta, atualmente, com mais de 5 mil empreendedores interessados.

Os alunos ainda terão Live Classes com os mentores e convidados, que acontecem ao vivo, e podem aprender e tirar dúvidas com empreendedores e executivos de algumas das maiores empresas do Brasil. Para aqueles que não conseguirem participar, o conteúdo ficará gravado. Há ainda o Business Cases, nos moldes do que já é praticado em MBAs no exterior, com discussões entre alunos e professores sobre casos reais de empresas mundialmente conhecidas. Assim, podem analisar como reagiriam, caso passassem por situações semelhantes.

A Scaleup foca em empreendedores com faturamento até R﹩10MM/ano, custando a partir de R﹩2.980,00 por doze meses de acesso à plataforma. Ao se matricular nos cursos, o aluno pode escolher consumir o conteúdo em um ou dois anos, de acordo com os seus objetivos e disponibilidades para estudo. Na conclusão, recebe um certificado atestando a aptidão para a área. "A Scaleup chegou para transformar a educação de negócios no Brasil, com todo o conhecimento necessário para os alunos tirarem dúvidas em tempo real e obterem o que tanto almejam: o sucesso em suas áreas, com todas as ferramentas necessárias para isso, um verdadeiro MBA de empreendedorismo", afirma Frederico Flores.

Para saber mais sobre a escola e os cursos, acesse: https://www.scaleup.com.br/

Sobre a Escola Scaleup

Plataforma de cursos 100% digital com o objetivo de popularizar a educação para pequenos empreendedores. Criada por Frederico Flores - dono do perfil "O Real Empreendedor, a Scaleup oferece conteúdos com baixo custo e métodos interativos de ensino por meio de podcasts, vídeos e materiais para leitura à escolha do aluno. A plataforma também oferece mentorias gratuitas com mais de 30 fundadores, CEOs e diretores de startups de sucesso e unicórnios do Brasil.

Sobre Frederico Flores


Frederico Flores - dono do perfil "O Real Empreendedor" - é CEO da Escola Scaleup - plataforma de cursos 100% digital que tem como o objetivo popularizar a educação para pequenos empreendedores. Palestrante e especialista em comércio eletrônico e marketplaces, é formado em Direito e Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com grande atuação no mercado e-commerce no Brasil e América Latina. Durante sua carreira, desenvolveu diversos projetos relacionados às áreas de tecnologia e empreendedorismo.


Comentários