Pesquisar

29 de set. de 2021

5º Seminário Internacional de Bioprocessos

5º Seminário Internacional de Bioprocessos discutirá soluções em biotecnologia para áreas de BioAgro e Vacinas



Evento será online e gratuito e conta com especialistas renomados da USP, Instituto Butantã, Kerry e Eppendorf

As empresas Kerry e Eppendorf promovem nos dias 19 a 21 de outubro, a 5ª edição do Seminário Internacional de Bioprocessos, que será realizado virtualmente e terá palestras gratuitas. O evento visa promover o conhecimento e desenvolver discussões relevantes sobre o futuro da área de biotecnologia com renomados profissionais do setor nacional e internacional.

Serão três dias de palestras gratuitas, onde especialistas discutirão os desafios de desenvolvimento de produtos biotecnológicos como: Desenvolvimento da produção da vacina ButanVac contra Covid-19 pelo Instituto Butantan; Soluções de bioprocessamento de alta eficiência para desenvolvimento acelerado de vacinas; O papel e os desafios da Nutrição Celular no desenvolvimento e produção de vacinas; Inovações e tendências para a produção de vacinas na América Latina; Produção industrial de Etanol ; O uso de biodefensivos no controle de insetos e pragas;
Desafios e oportunidades na produção de fungicidas biológicos de base bacteriana.


O evento conta com especialistas como Profº PHD Andreas K. Gombert, Médico Infectologista e Imunologista, Professor Titular do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP e Dr. Paulo Lee Ho, pesquisador científico da Fundação Butantã, Dr. Miguel Giudicissi Diretor Médico da União Química Farmacêutica e Fernando Hercos Valicente da EMBRAPA.

Dr. Esper Kallas, médico Infectologista e Imunologista da USP, participará da mesa redonda ‘Inovações e tendências para a produção de vacinas na América Latina’ e enfatiza, "A despeito da ainda escassez de doses de vacinas, a vacinação avançou no Brasil nos últimos meses. Hoje o país se aproxima de 1/3 da população totalmente vacinada e cerca de 2/3 já recebeu ao menos uma dose. Com doses contratadas para vacinar toda a população brasileira até o fim do ano, temos uma corrida contra o tempo para proteger a população antes do alastramento da variante delta pelo país. O controle da circulação do vírus e do adoecimento pela Covid-19, especialmente de internações e mortes, depende diretamente do avanço da cobertura vacinal. E o Brasil tem um ambiente de aceitação a vacinas que é propício para ajudar no enfrentamento da doença, com a grande maioria da população favorável à vacinação".

Outro destaque será Brandon Wrage, Cientista de Aplicações Microbianas da Kerry Estados Unidos, que abordará O Papel e os Desafios da Nutrição Celular no Desenvolvimento e Produção de Vacinas, no dia 21 de outubro, às 09h30.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site https://www.seminariodebioprocessos.com.br/#/inscricao/v-seminario-de-bioprocessos

5ª edição do Seminário Internacional de Bioprocessos
Data: 19 a 21 de outubro de 2021
Hora: 9h30 às 12h
Gratuito
https://www.seminariodebioprocessos.com.br/#/


Sobre a Kerry:

A Kerry é a líder mundial no desenvolvimento de soluções em Taste & Nutrition para os mercados de alimentos, bebidas e produtos farmacêuticos. Sua ampla base tecnológica, modelo de negócios centrado no cliente e capacidade de soluções integradas líderes da indústria a posicionam como a melhor parceira na co-criação. Kerry é também um fabricante líder na indústria de alimentos refrigerados, principalmente para os mercados irlandês e britânico. Em 1994, a Kerry começou a operar na América Latina, começando no México. Em 1998, a empresa foi estabelecida no Brasil. Atualmente, a Kerry está presente em oito países da América Latina com 13 fábricas, 6 escritórios comerciais e 2 centros de Pesquisa, Desenvolvimento e Aplicação.
Empregando mais de 26.000 pessoas em todo o mundo, incluindo mais de 1.000 cientistas de alimentos, e sua presença global se estende através de 148 fábricas em 32 países.




Sobre a Eppendorf

Fundada em 1945, na cidade de Hamburgo, a Eppendorf tem como missão facilitar o dia a dia nos laboratórios em todo o mundo.Sua linha de produtos inclui pipetas e sistemas de pipetagem automatizados, dispensadores, centrífugas, mixers, espectrômetros e equipamentos de amplificação de DNA, bem como ultra freezers, biorreatores, incubadoras de CO2 e agitadores (shakers).Seus produtos são amplamente usados em laboratórios de pesquisa acadêmica e em empresas das indústrias farmacêutica e biotecnologia, bem como nas indústrias química e alimentícia. Eles também são direcionados a laboratórios de análises clínicas e ambientais, forenses e a laboratórios industriais que realizam análises de processos, produção e garantia de qualidade.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA