Pesquisar

17 de out. de 2021

Dia mundial da alimentação

 



Dia mundial da alimentação: Mais conscientes, consumidores colocam foodtechs sustentáveis em suas rotinas

Com a chegada da pandemia e diversos problemas ambientais que o Brasil enfrenta, os consumidores se tornaram mais preocupados com a saúde e também com a sustentabilidade do planeta. Uma pesquisa realizada pela Mintel (empresa global de inteligência de mercado) revela que 51% das pessoas estão priorizando uma alimentação mais saudável, levando em conta o conceito de que alimentação e saúde andam juntas. E além disso, a expectativa dos clientes em relação à sustentabilidade está evoluindo rapidamente, com um número crescente de demandas por mais benefícios sustentáveis em seus alimentos e bebidas, os dados são da pesquisa da Kerry, empresa líder mundial em desenvolvimento de soluções em Taste & Nutrition.

Levando essas duas ideias em conta, algumas startups podem ser a saída, já que estão transformando o conceito de alimentação, levando mais saúde e conscientização sustentável às rotinas dos clientes. Conheça algumas delas:

Food To Save:

Foodtech sustentável que nasceu para revolucionar o desperdício de alimentos no Brasil, a Food To Save atua como um elo entre estabelecimentos que possuem excedentes de produção e clientes com mindset voltado para o consumo consciente e que buscam economizar. Mais do que contribuir para um planeta mais sustentável, a startup engaja e empodera pessoas a reverem seus hábitos alimentares, lutando contra o desperdício de alimentos. Com mais de 15 toneladas de alimentos resgatados na grande São Paulo através do seu modelo de negócio, a empresa já mostra importante valor para enfrentar os problemas ambientais, sociais e econômicos que o país vive.

Raízs:

Raízs nasceu com o propósito de conectar o pequeno agricultor de produtos orgânicos ao consumidor final, criando assim um laço entre a cidade e o campo garantindo que a comida chegue à mesa do consumidor 100% livre de agrotóxicos, além de frescas e com a garantia que está compra de um produtor local e ajudando a gerar renda para esse profissional. A startup recebeu aportes importantes em prêmios como Red Bull AmaphikoChoice UP Artemisia, ONU Accelerate 2030, Creators Awards e recentemente recebeu a certificação de empresa em que o lucro anda junto com a responsabilidade social, concedida pelo Sistema B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA