Dia do EaD: Ampli revoluciona mercado de ensino digital

Dia do EaD: Ampli revoluciona mercado de ensino digital

Cursos ofertados pela edtech podem ser realizados na tela do celular, consumindo mínimo de dados e memória, em qualquer parte do Brasil

Novembro de 2021 - No próximo dia 27 de novembro será celebrado o "Dia Nacional do Ensino a Distância", modalidade responsável por democratizar o acesso à educação. Antes mesmo da pandemia de Covid-19, a expansão do EaD já era uma realidade: segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o mercado de educação a distância cresceu 4,7 vezes nos últimos 10 anos no Brasil. Mas com o isolamento social, a busca pela modalidade aumentou 59% somente no último ano, conforme apontam pesquisas realizadas pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e pelo Ministério da Educação (MEC).

Não se sabe com exatidão quando o EaD surgiu - há registros da oferta de cursos por correspondência desde 1930 -, mas foi a partir do avanço das telecomunicações e das novas tecnologias que a modalidade ganhou escala e a possibilidade de alcançar todos os brasileiros, primeiro pela TV e, com a posterior popularização da internet, por meio dos computadores. Agora, com os avanços em mobilidade, o ensino a distância também está na palma da mão, por meio dos celulares.

Com o propósito de levar a muitos a transformação da educação que é acessível a poucos, a Kroton, líder de mercado no Ensino a Distância com mais de 680 mil alunos e detentora da Faculdade Anhanguera, recentemente apresentou ao mercado sua edtech Ampli, fruto da jornada de transformação digital da empresa, que revoluciona o ensino digital com seu modelo "Education as a Service".

Desenvolvida no ecossistema de inovação da companhia, a Ampli apresenta ao mercado um novo modelo de educação 100% digital, por meio do conceito mobile first - os cursos de graduação podem ser realizados no celular, consumindo o mínimo de rede de dados e memória do aparelho. "Altamente escalável, a edtech é capaz de chegar a toda população brasileira, independentemente da situação financeira e localização geográfica, por meio do celular, que é o principal meio de acesso à internet no país, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)", afirma o diretor sênior de Produtos da Kroton, Rangel Barbosa.

A edtech apresenta um modelo disruptivo não só por ser a primeira plataforma educacional mobile first no Brasil, mas também por oferecer flexibilidade para o usuário, com ingresso semanal de novas turmas e cursos de menor duração, entre 18 e 36 meses. A Ampli também inova na sua abordagem ao mercado, ao oferecer o free trial do seu portfólio por 30 dias. "O aluno só começa a pagar se realmente gostar", diz o executivo. Desde o anúncio ao mercado, em julho de 2021, mais de 50 mil alunos se matricularam na Ampli, que possui mais de 400 cursos em seu portfólio, entre graduação, pós-graduação e cursos livres.

Com nota máxima no MEC (5), a plataforma foi desenvolvida para se adaptar à rotina do aluno, que pode estudar quando, como e onde quiser. "Quando estávamos na fase de desenvolvimento da Ampli, uma das nossas premissas foi entender as necessidades do aluno para oferecer uma solução que se encaixasse em sua rotina. Por isso, além da comodidade, também mudamos o formato da exposição do conteúdo. Entendemos que era necessário transformar uma aula de 45 minutos em pílulas. Além disso, mensalmente uma nova disciplina é disponibilizada, assim o estudante consegue imprimir o ritmo de estudo", explica Barbosa.

A conexão com o mercado de trabalho é um dos principais pilares da edtech, que conta com mais de 60 cursos de graduação ligados às profissões do futuro, como marketing digital, desenvolvedor back end, front end e de aplicativos, entre outros. Até o final do ano, a expectativa é que esse total chegue a 120 cursos. Segundo Barbosa, a necessidade por profissionais qualificados e atualizados vem aumentando cada dia mais. "As empresas não conseguem desenvolver produtos ou dar velocidade a novos projetos porque faltam especialistas para participar do processo de criação. A educação continuada tem se tornado muito relevante para aqueles que buscam se destacar no mercado de trabalho, que está cada vez mais competitivo e exigente. Na Ampli, contamos com um extenso portfólio de cursos ligados às profissões do futuro, para formar nossos alunos alinhados às expectativas das empresas", destaca o executivo.

Sobre a Anhanguera
Fundada em 1994, a Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Presente em todos os estados brasileiros, a Anhanguera presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2014, a instituição passou a integrar a Kroton.

Sobre a Kroton
A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 936 mil estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.672 municípios, a instituição conta com 131 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 2.259 unidades, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. 

Contatos para a imprensa: 

Ideal H+K Strategies 

Comentários