Pesquisar este blog

ENEM 2021: o exame e sua extensa relação com a proposta curricular das Escolas Sesi

 


ENEM 2021: o exame e sua extensa relação com a proposta curricular das Escolas Sesi
Assim como as questões da prova, a proposta de ensino da instituição traz a transdisciplinaridade, o senso crítico e a busca pela ampliação e aplicação do repertório dos estudantes.


Como de costume, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2021 trouxe no primeiro dia de prova grande variedade de textos e discussão contextualizada, com campos de atuação diversificados em seu repertório. Essa forma de abordagem abarca o sistema de ensino das escolas Sesi, que é referência em padrão de qualidade.

Além de material didático próprio da rede Sesi-SP, que traz questões e exercícios típicos do Enem, os alunos utilizam a plataforma Conexão Digital, uma das ferramentas de estudo para além da sala de aula. Nesse ambiente online, os alunos do 3º ano do ensino médio acessam aulas gravadas do programa "Para Gabaritar", especialmente para o aprofundamento e revisão dos conteúdos, tanto para a prova do Enem, como dos principais vestibulares. Este ano, em diálogo com o material didático, o programa foi um grande aliado dos alunos para a prova de Ciências Humanas, tendo contemplado a maior parte dos temas abordados e oferecido valiosas dicas para a produção do texto argumentativo dissertativo.

As diferentes abordagens da prova de Linguagens fizeram "repensar a circulação e a relação entre diferentes linguagens e manifestações artísticas o que requer dos respondentes a compreensão de que os significados são ‘construídos coletivamente’, vindo ao encontro da proposta curricular do SESI-SP para esta área de conhecimento", comenta Luiz Fernando Queiroz Melques, Analista Técnico Educacional do Sesi-SP.

Quanto à proposta de redação, o tema "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil" possibilitou a mobilização do repertório dos estudantes para a construção de argumentos e proposição de intervenções em prol da cidadania, continuou Luiz. "O trabalho com a cidadania, igualdade e equidade ocupa um papel de destaque no currículo do Sesi-SP, que promove, em toda sua abrangência, a construção de uma cultura democrática na escola. (...) A perspectiva transdisciplinar, nesse caso, tende a oferecer uma visão mais complexa dos fenômenos, acionando e relacionando diferentes saberes em busca de soluções mais representativas e eficazes, assim como ocorre nas investigações e produções do "Eixo Integrador Interáreas Pesquisa em Foco" e nas demais propostas de pesquisa e intervenção que são estimuladas em todos os componentes curriculares ao longo do Ensino Médio."

Reforçando todo o propósito do ensino, além do olhar para os alunos, os professores são incluídos na preparação do vestibular. O "Pensando o Enem" é um curso que aborda a matriz de referência do Enem, articulada à prática do professor e ao currículo do Sesi-SP. Arlete Vasconcelos, analista de comunicação do Sesi-SP, também comenta que em cada Centro Educacional do Sesi-SP são planejadas e realizadas atividades locais, que contemplam conteúdo curricular, programação cultural e momentos para o relaxamento e descontração, considerando o apoio de maneira integral ao aluno.



Serviço Social da Indústria do Estado de São Paulo - SESI
Jornalista: Sarah Toledo Teixeira
sarah.teixeira@sesisenaisp.org.br / Tel: 11 3146-7706