PESQUISA

Páginas

Escolas estaduais de SP aplicam prova do Saeb a partir de 22 de novembro

 

Escolas estaduais de SP aplicam prova do Saeb a partir de 22 de novembro

Avaliação contribui na elaboração e aprimoramento de políticas educacionais, além de fortalecer ações pedagógicas para a garantia da aprendizagem.

Estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio da rede estadual participam de mais uma edição do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A avaliação, que ocorre a cada dois anos, será aplicada entre 22 de novembro e 10 de dezembro, conforme agendamento realizado pela Fundação Cesgranrio com cada unidade escolar.

Realizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) desde 1990, o Saeb, através de questões objetivas e um questionário socioeconômico, avalia conhecimentos nos componentes de Língua Portuguesa e Matemática para diagnosticar a qualidade da educação oferecida pelas escolas e as redes de ensino de todo o Brasil.

O resultado desta avaliação contribui para aprimorar políticas educacionais, além de fortalecer, com base em evidências, ações pedagógicas para a garantia da aprendizagem de todos os estudantes. A partir desses resultados é gerado o Índice de Desempenho da Educação Básica (Ideb), que varia de 0 a 10, considerando a taxa de fluxo escolar (aprovação) e as médias de desempenho no Saeb.

A Coordenadoria Pedagógica (Coped) da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) informa que o início do período de aplicação foi adiado em seis dias para melhorar a articulação entre a programação da entrega dos materiais e o agendamento da aplicação.

Neste ano, assim como na edição de 2019, uma amostra de estudantes do 2º e 9º anos do ensino fundamental também será avaliada em Língua Portuguesa e Matemática, e Ciências da Natureza e Ciências Humanas, respectivamente. Essa prova atua na construção de escalas de proficiência mais abrangentes e alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Para que as escolas tenham os resultados publicados no Ideb, é necessário que pelo menos 80% dos alunos matriculados, declarados no Censo de Educação Básica 2021, realizem a prova. Atualmente, somando os três anos envolvidos na avaliação, são 831 mil estudantes matriculados na rede estadual.

Saiba mais em: https://efape.educacao.sp.gov.br/mobilizacaosaeb/

Confira a live no CMSP: https://youtu.be/sKJDpKf1HXM