PESQUISA

Páginas

Cinco mudanças na nuvem desencadeadas pelo 5G

 Tecnologia/Negócios


Cinco mudanças na nuvem desencadeadas pelo 5G

O sucesso do leilão da tecnologia 5G vem animando empresas a planejar integrar novas conexões em seus sistemas. Nunca tanto espectro foi leiloado de uma só vez. Ao todo, foram investidos quase R﹩ 47 bilhões. Essa tecnologia está pronta para revolucionar a indústria de comunicações e rede, oferecendo taxas de transmissão ultrarrápidas. Mas o que isso impacta a nuvem? Na opinião do especialista Adriano Filadoro, CEO da Online Data Cloud (SP), o conceito de computação em nuvem foi introduzido justamente porque é preciso tornar acessíveis - de forma organizada - uma grande quantidade de dados processados diariamente nas empresas.

"Termos como cloud computingmulticloud e nuvem computacional, entre outros, estão diretamente ligados à forma como a nuvem é usada para armazenar enorme quantidade de dados. Portanto, quanto mais rápida for a conectividade, melhor - já que o volume de dados cresce continuamente. A combinação entre 5G e multicloud levará as empresas a outro patamar, podendo aumentar consideravelmente a transmissão dos dados e em maior velocidade. Nesse sentido, para os negócios, 5G e nuvem são grandes aliados", diz Filadoro.

A seguir, o executivo elenca cinco mudanças na nuvem desencadeadas pelo 5G:

• Amplo acesso à nuvem. "A primeira mudança que poderá ser observada é que mais localidades terão acesso à nuvem. Se hoje áreas rurais ou pouco povoadas sofrem com sinal de internet, com o surgimento do 5G cresce a esperança de que empresas nessas áreas fiquem livres dos problemas de armazenamento de dados e velocidade, aproveitando a computação em nuvem. Como consequência, os negócios nessas áreas terão um impulso significativo".

• Aumento de segurança. "Sabemos que, hoje, para cada solução há um ou mais meios de quebra de segurança. Crackers podem de fato prejudicar muitos sistemas, violando firewalls e obtendo informações confidenciais de governos e empresas. A combinação do 5G com a computação em nuvem fará com que o sistema fique mais seguro e protegido, ajudando empresas a se protegerem de ataques cibernéticos".

• Transferência de dados ultrarrápida. "O impacto mais relevante do 5G na computação em nuvem será a velocidade sem precedentes na transferência de dados. Muitos segmentos da indústria vão se beneficiar grandemente com essa tecnologia, já que a produtividade em muitos setores vai aumentar e os negócios serão fortemente impulsionados".

• Operações industriais racionalizadas. "O 5G tornará todas as operações e processos produtivos mais rápidos e simplificados. Isso será altamente benéfico para as indústrias - principalmente aquelas que utilizam a nuvem para gerenciar seus dados em tempo real. Elas poderão tirar grande proveito da confiabilidade e velocidade do 5G, principalmente no gerenciamento da carga de trabalho. Essa tecnologia tornará o controle de estoque, monitoramento de pedidos e rastreamento de entrega mais fácil de realizar em uma plataforma".

• Internet das coisas mais acessível. A Internet das coisas (IoT) será potencializada pelo 5G, tornando o acesso do sistema à infraestrutura em nuvem mais rápido e simples. Hoje, o wi-fi suporta conectividade com a internet para um determinado número de dispositivos dentro de um intervalo específico. Já o 5G certamente irá abranger uma ampla gama de dispositivos conectados. Com sua capacidade muito maior, tornará o processo de produção, as cadeias de valor e o monitoramento remoto mais eficazes. A parceria entre computação em nuvem e 5G tornará mais fácil para as indústrias e empresas armazenar, reunir e obter insights de uma ampla variedade de fontes a custos bem razoáveis".

Fonte: Adriano Filadoro, especialista em TI, CEO da Online Data Cloud .