PESQUISA

Páginas

Estado de São Paulo: Vacinação contra Covid-19 em crianças na faixa de 5 a 11 anos com o imunizante da Pfizer

 


SP oficia Ministério da Saúde para liberação de doses de Pfizer próprias para crianças


Dosagem, rotulagem e outros requisitos para público infantil diferem das doses atualmente disponíveis no Estado

Qui, 16/12/2021 - 20h50 | Do Portal do Governo


A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oficiou nesta quinta-feira (16) o Ministério da Saúde solicitando liberação e disponibilização imediata de doses para vacinação contra Covid-19 em crianças na faixa de 5 a 11 anos com o imunizante da Pfizer, considerando a aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de hoje.

O Governo do Estado tem urgência em avançar na imunização deste público, mas as doses de Pfizer disponíveis atualmente no Brasil diferem em aspectos como composição, dosagem, rotulagem, apresentação e especificações técnicas requeridas para aplicação neste público, conforme instruções do próprio fabricante.

Até o momento, apenas a vacina da Pfizer é usada na campanha para jovens a partir de 12 anos.

Também visando à proteção deste público, ontem (15), em Brasília, o Instituto Butantan fez um novo pedido oficial à Anvisa para uso do imunizante em crianças e jovens com idade entre 3 e 17 anos.

 

Estatísticas

Os casos de COVID-19 em menores de 9 anos representam 3% do total dos casos no Estado, e de 6,6% na faixa de 10 a 19 anos, com 0,1% dos óbitos para os grupos separadamente.

A imunização de adolescentes de 12 a 17 anos começou em SP em 18 de agosto. Até esta quinta-feira (16), já foram completamente imunizadas mais de 2,1 milhões de pessoas nessa faixa etária, o que corresponde a cerca de 63% deste público-alvo.

De acordo com o Vacinômetro (https://vacinaja.sp.gov.br/), no decorrer de toda a campanha, mais de 81,9 milhões de doses já foram aplicadas em São Paulo até o final da tarde desta quarta. Mais de 95,2% da população paulista com mais de 18 anos está com esquema vacinal completo. Incluindo jovens de 12 a 17 anos na campanha, a imunização completa em São Paulo já protege mais de 78,2% de toda a população.

Até as 12h25 de hoje, o Vacinômetro registrava 81.994.482 doses aplicadas em toda a campanha. Entre o total absoluto de vacinas até o momento, 38.199.065  são referentes à primeira dose, 35.024.206 de segunda, 1.181.233 de dose única e 7.589.978 dose adicional.

O Governo de SP reitera a importância da conclusão do esquema vacinal para garantir a proteção contra a COVID-19. O Estado registrou, até esta segunda-feira (13), 2,9 milhões de faltosos de segunda dose de vacinas contra Covid-19, entre eles 887,4 mil entre jovens de 12 a 19 anos.

Além das vacinas, as medidas já conhecidas pela população seguem cruciais para combater a pandemia do coronavírus, como uso de máscara e higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel.

FONTE: https://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/sp-oficia-ministerio-da-saude-para-liberacao-de-doses-de-pfizer-proprias-para-criancas/