Pesquisar

5 de jan. de 2022

Glossário da Transformação Digital das Healthtechs

 Glossário da Transformação Digital das Healthtechs


 

Especialista da Pixeon desmistifica termos pouco conhecidos, aumentando o entendimento e poder das startups de saúde no cenário brasileiro



 

São Paulo, janeiro de 2022Pixeon, empresa brasileira consolidada no mercado de tecnologia pelo seu amplo portfólio de soluções de softwares para a área da saúde e líder no mercado de healthtech no Brasil, tem como objetivo possibilitar a transformação digital da saúde para melhorar a qualidade de vida de populações de várias regiões do país, garantindo a melhor experiência para o paciente dentro de clínicas, laboratórios e hospitais.

 

Ciente das dificuldades em distinguir alguns termos da área da saúde, o CEO da Pixeon, Felipe Clemente, trouxe o esclarecimento de algumas palavras para desmistificar. “Para quem está acostumado com a área da saúde esses termos são conhecidos, mas para o restante é algo totalmente novo e, o esclarecimento pode fazer com que as pessoas acabem se interessando um pouco mais pela área de healthtechs”.

 

Clemente criou um glossário com as palavras mais utilizadas no setor da saúde, seja para procedimentos, exames, prescrições, equipamentos etc. Confira:

 

Accession Number (Número de acesso) - É o número de acesso do exame do paciente, sendo que para cada exame realizado existe um número de acesso diferente. Este número é gerado no sistema de gestão (RIS/HIS) e serve para a integração entre o sistema de gestão e o PACS.
 

ACM - A critério médico.

 

Artefato - Em imagens radiográficas, um artefato é uma área com densidade óptica diferente da esperada, que não foi causada pela interação do feixe de Raios-X com a estrutura examinada.

 

CIS - Clinical Information System (Sistema de Informações Clínicas). É um sistema projetado para coletar, armazenar, manipular e disponibilizar informações clínicas importantes para o processo de fornecimento de assistência médica.

 

Cortes/Fatias/Slices - Nomenclatura para cada imagem gerada em uma Tomografia Computadorizada, onde o exame consiste em um volume de imagens que é dividido em cortes e/ou fatias e/ou slices.

 

DO (Densitometria Óssea) - Exame que mede a densidade mineral óssea, e que é aplicado na identificação da osteoporose e osteopenia.
 

DR (Radiografia digital) - É uma forma de imagem de Raios-X, em que os sensores de Raios-X digitais são usados em vez do filme fotográfico tradicional.

 

ECG (Eletrocardiograma) - Exame que registra os batimentos cardíacos, de modo simples e rápido. No ECG são utilizados eletrodos que registram os impulsos elétricos do coração.

 

ES (Endoscópio) - Aparelho em formato de tubo, utilizado para a realização do exame de endoscopia, aplicado na identificação de doenças no estômago.

 

FAA - Ficha de atendimento ambulatorial.

 

HIS (Hospital Information System) - Sistema de Informação Hospitalar. Sistema integrado e abrangente projetado para gerenciar as atividades (médicas, administrativas, financeiras, legais, etc.) de um hospital. Pixeon Smart é um HIS, por exemplo. O Smart é um sistema com amplitude para HIS, CIS (Clinical Information System) e LIS (Laboratory Information System) e possui cerca de 40 módulos integrados.

 

ID do Paciente - Identificador único do paciente.

 

Incidência - Termo utilizado para identificar cada imagem de Raio-X.

 

Interoperabilidade - Pode ser definida como a capacidade de um sistema em se comunicar com outros, para solucionar alguns dos principais problemas do cotidiano da área de saúde, como: ruído no fluxo interno de comunicação, má gestão dos processos e falha em agendamentos.

 

IoT Médica - A chamada internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) refere-se à conexão de objetos do dia a dia com a internet. No campo da medicina, tem grande importância no monitoramento de pacientes, especialmente, portadores de doenças crônicas.

 

LIS (Laboratory Information System) - Sistema de Informações Laboratoriais. O X-Clinic é um LIS.
 

Lossy - Processo de compressão de dados com perda de qualidade e informações de imagem.
 

MR (Ressonância Magnética) - Exame de imagem utilizado para análise de doenças neurológicas, ortopédicas, abdominais, cervicais e cardíacas.

 

PACS (Picture Archiving Communication System) - Sistema de Comunicação e Armazenamento de Imagens. Software que permite fazer o armazenamento de imagens radiológicas de modo seguro e que facilita a comunicação e os fluxos de trabalho dos profissionais nos diferentes setores das unidades de saúde. Com o PACS, há maior organização, mobilidade, redução de custos e maior produtividade dos profissionais. O Aurora é um Sistema de Arquivo e Comunicação de Imagens Médicas - PACS. Com o Aurora, Centros de Diagnóstico por Imagem podem armazenar, interpretar, reconstruir, distribuir e gerenciar imagens médicas como tomografia computadorizada, ressonância magnética, medicina nuclear, mamografia, ultrassom, raio-x, endoscopia, entre outras. O PACS Aurora possui componentes padrões, componentes opcionais e serviços associados para um centro de diagnóstico por imagem.

 

PEP - Prontuário Eletrônico do Paciente.

 

PC/PS - Pressão controlada ou pressão de suporte.
 

RX DR - Abreviação para Raio-X Digital.

 

RIS (Radiology Information System) - Sistema de Informações Radiológicas. Sistema para gerenciamento de registros radiológicos e dados associados. Frequentemente usado em conjunto com PACS para gerenciar o fluxo de trabalho e cobranças. O X-Clinic é um RIS, O Korus também é um RIS, é um sistema completo para a área de medicina diagnóstica, permitindo a gestão dos centros de radiologia (RIS) e de unidades laboratoriais (LIS). Com ele, as instituições podem acessar os seus dados por meio de um navegador de internet, pois é 100% web. 

 

US (Ultrassonografia) - Também conhecido como ecografia, o ultrassom que permite visualizar em tempo real os tecidos e órgãos do corpo humano.

 

XA (Hemodinâmica) - Exame aplicado com a técnica de cateterismo, que busca analisar os fluxos de sangue no organismo. Na radiologia, a hemodinâmica envolve drenagens e angioplastias realizadas por meio de injeções de contraste e cateteres.

 

Worklist - Trata-se de uma lista de trabalho correspondente aos exames que devem ser realizados por determinado equipamento. Agiliza o trabalho dos radiologistas, uma vez que reúne todos os dados sobre o paciente e os exames a serem realizados.

 

História Pixeon:

Fundada em 2003, em Florianópolis, Santa Catarina, a Pixeon se uniu em 2012 com a antiga Medical Systems, movimento este promovido pela Intel Capital. A partir dessa fusão, a empresa iniciou um processo de consolidação em 2013, ano da primeira rodada de investimento da Riverwood Capital, tornando-se uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia e inovação para a saúde. Com o objetivo de ser líder nacional deste mercado e referência de qualidade em toda a América Latina, desde a fusão, foram 5 aquisições de empresas, sendo a última o BoaConsulta. Com um time de mais de 350 colaboradores, a Pixeon também é mantenedora do Distrito Inova HC, hub de inovação com foco em startups da área de saúde. Atualmente, a empresa tem em sua base, dados de 44 milhões de pacientes no país e comporta uma média de mais de 150 milhões de exames e consultas realizadas ao ano. Com sede em Florianópolis e unidade em São Caetano do Sul (SP) e, além de unidades de negócios distribuídas por todo o país, Pixeon atende milhares de hospitais, clínicas, laboratórios de diagnóstico e centros de diagnósticos de imagem. Para o quinquênio que se encerra em 2024, a companhia prevê o investimento de R$ 83 milhões em todo seu portfólio de produtos.


 

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
NR7 Full Cycle Agency

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA