Classificação dos fonemas

 Os fonemas (do grego: fono = som, voz + ema = unidade distinta) representam as menores unidades sonoras que constituem as palavras. 

São os sons distintivos que produzimos quando exprimimos pela voz nossos pensamentos e emoções.

Como sabemos, as palavras são a unidade básica da comunicação verbal e podem ser divididas em unidades menores, como as sílabas e os sons, na fala, ou as sílabas e letras, na escrita. Quando queremos representar, na escrita, os sons da fala, utilizamos as letras. Dessa forma, podemos dizer que a 

letra é a representação gráfica do fonema.

Veja os exemplos:

1. A palavra rede tem 4 letras e 4 fonemas:

  • Letras: r, e, d, e

  • Fonemas: [r], [e], [d], [e]

Observe que na palavra 'rede' o número de letras representa o número de sons.

2. A palavra hélice tem 6 letras e 5 fonemas:

  • Letras: h, e, l, i, c, e

  • Fonemas: [e], [l], [i], [c], [e]

Observe que a Letra 'h' não corresponde a nenhum fonema.

3. A palavra táxi tem 4 letras e 5 fonemas:

  • Letras: t, a, x, i

  • Fonemas: [t], [a], [k], [s], [i]

Observe que a letra 'x' tem som de 'ks'. Dessa forma, quando separamos os fonemas, temos [t][a][k][s][i].



Classificação dos fonemas

Os fonemas são classificados em vogais, semivogais e consoantes.


 Esses três tipos de fonemas são produzidos pela corrente de ar, que faz vibrar ou não as pregas vocais

Quando ocorre a vibração das pregas vocais, o fonema é chamado de sonoro

quando elas não vibram, o fonema é chamado de surdo

A corrente de ar também pode ser liberada apenas pela boca, o que configura o fonema oral, ou parcialmente pelo nariz, o que configura o fonema nasal.

Vogais

As vogais são fonemas produzidos por uma corrente de ar vinda dos pulmões que passa livremente pela boca. Elas são a base das sílabas da Língua Portuguesa. São elas:

AEIOU.

As vogais podem ser classificadas por sua intensidadetimbre e articulação. Observe cada uma delas:

  • Quando classificadas pela intensidade, elas podem ser: tônicas, semitônicas e átonas.

  • Quanto ao timbre, elas podem ser abertas ou fechadas.

  • Quanto à articulação, elas podem ser classificadas pelo modo de pronúncia, oral ou nasal, ou pelo ponto, que são as posições da língua na boca durante a pronúncia da vogal: posteriorcentral ou anterior.

As semivogais são os fonemas 'i' e 'u' quando aparecem ao lado das outras vogais em uma mesma sílaba. 

Na Língua Portuguesa, a semivogal 'i' pode ser representada pelas letras 'i' e 'e'. Já a semivogal 'u' pode ser representada pelas letras 'u' e 'o'. 

Em algumas regiões brasileiras, a letra 'l' pode ter o som da semivogal 'u' (mal: /maw/).

Consoantes

A corrente de ar expirada pelos pulmões que encontra obstáculos ao passar pela cavidade bucal produz sons denominados de consoantes (“soam com”). As consoantes são incapazes de atuar como núcleos das sílabas da Língua Portuguesa. São elas:

B, C, D, F, G, J, K, L, M, N, P, Q, R, S, T, V, W, X, Z.

É importante ressaltar que a letra 'H' não é considerada consoante porque não possui som ou ruído e, por isso, torna-se a única letra diacrítica.

Um diacrítico (do grego διακριτικός, que distingue) é um sinal gráfico que se coloca sobre, sob ou através de uma letra para alterar a sua realização fonética, isto é, o seu som, ou para marcar qualquer outra característica linguística.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Selic deverá permanecer em 13,75% ao ano

Falecimento de Glória Maria

Texaco

ABRE - ESTÁGIO - EMPREGO - APRENDIZ

Novos casos de câncer por ano até 2025

Anticoagulante

O governador Tarcísio de Freitas sancionou o projeto de Lei que prevê o fornecimento de medicamentos à base de canabidiol

Verticalização da Cidade de São Paulo

Pix Internacional