Pesquisar

11 de mar. de 2022

O drama de Gabriel Zandonai por conta de uma bactéria que pode matar

 


 


 

Quando o digital influencer Gabriel Zandonai foi internado às pressas, ele não imaginava que um simples tratamento dentário teria afetado todo seu sistema imunológico. Isso ocorre por conta das bactérias que acabam viajando pelo corpo e causando o que os médicos chamam de endocardite.


 

Gabriel teve uma dor de garganta, um abscesso e foi parar no hospital. “ Que isso sirva de alerta, fiz uma cirurgia no dente o que acabou se tornando maior. Em seguida veio a dor de garganta que acarretou na infecção que poderia ter chegado no coração, e seria fatal”, afirma Zandonai.


 

Após uma semana de internação, o também formando de educação física, vai continuar o tratamento de casa com antibióticos, imprescindível para que os microorganismos não evoluam. Vale lembrar que se não fosse pela vida saudável entre exercícios e uma alimentação equilibrada, talvez Gabriel não estivesse por aqui.


 

Para sua mãe, Bia Carmagnani é um alívio, e ela relata: fiquei em choque quando soube que ele estava no hospital, de repente, não teve febre, nada que indicasse um problema. E alerta, todo cuidado é pouco, a sorte do Gabriel é que a bactéria parou na faringe, e não chegou no coração, explica.


 

Segundo o doutor Felipe Costa, da clínica IFB de Campinas, a vida saudável e a combinação de atividade física contemplou o Gabriel, mas vale lembrar que 40% desses casos que levam ao infarto, são causados por essa bactéria da boca. Ou por um contexto genético, ou por um problema no coração, é preciso atenção.


 

Recordando


 

Em 2008, Beto Carreiro, faleceu durante uma cirurgia, A endocardite, que é uma infecção na membrana do coração que pode acarretar num choque cardiogênico é a principal causa da infecção generalizada que a bactéria pode causar.


 

Outro caso é o da modelo Renata Banhara teve uma infecção bacteriana que alojou no cérebro, e teve que passar por cirurgia. Isso aconteceu após os germes se alojarem no dente que passaram por tratamento.

“Fica o alerta para as pessoas cuidarem da boca, dos dentes, lembrando que a escovação, o uso do fio dental e a ida ao dentista são primordiais para uma vida sem susto, pois a boca é uma parte importante do corpo e que por vezes não no precavemos”, finalizou Gabriel.


 

Informações à imprensa:

Lyllian Bragança - 11-97222-1070 - e-mail: imprensa@quattrog.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA