Pesquisar

1 de abr. de 2022

Segundo IBGE, região Norte concentra 55,3% das separações no Brasil antes de 10 anos

 

Especialista em relacionamentos dá dicas de como buscar harmonia e amor dentro da relação, tornando-a duradoura

 

A felicidade amorosa acontece quando encontram, na relação, a reciprocidade e prazer em desfrutar com a companhia do outro (Crédito: Unsplash)

 

Nenhum casamento é perfeito. É comum casais passarem por momentos difíceis e crises ao longo do tempo. Alguns entendem que não faz mais sentido ficarem juntos e, por consequência, acabam chegando ao fim. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), os relacionamentos duram cada vez menos no Brasil. Na comparação com 2010, a quantidade de divórcios antes de 10 anos subiu de 37,4% para 49,8% em 2020, o primeiro ano da pandemia.

 

De acordo com o levantamento, a região Norte do país é a que tem as separações mais rápidas, com 55,3% ocorridas antes de dez anos. Esse destaque registrado na região pode ser atribuído ao impacto da mudança da rotina decorrente do período pandêmico, já que muitos casais tiveram suas dinâmicas completamente alteradas por conta do isolamento social,e também a situação de desemprego que assola a região. Para se ter ideia: as regiões norte e nordeste puxaram a alta de desemprego no primeiro trimestre de 2021, que alcançou a taxa nacional de 14,7%, e o recorde de 14,8 milhões de pessoas desempregadas (desde a série histórica iniciada em 2012), dado também do IBGE. Com a dificuldade financeira muitos casais acabam se distanciando e chegando a um rompimento definitivo.

 

Diante do advento do novo normal, proporcionado, sobretudo, com o avanço da vacinação, os casais estão cada vez mais preocupados em estabelecer harmonia e amor em suas relações e como se adaptar novamente à volta da rotina sem o isolamento. A Casa de Apoio Espaço Recomeçar, que já ajudou mais de 35 mil pessoas, entende seu papel para a recuperação do amor nas relações amorosas.

 

“Para evitar que esses contratempos sejam agravados ao ponto de chegar ao divórcio, muitas pessoas têm recorrido a caminhos alternativos para renovar as energias da união. Uma dessas vias é acreditar na espiritualidade e unir a saúde mental a fé. É possível tornar sinérgico o cuidado com a saúde mental por meio da terapia com a crença na espiritualidade para vencer os obstáculos amorosos", explica Maicon Paiva, especialista em relacionamentos e fundador do Espaço Recomeçar.

 

Diante dessa realidade, Maicon Paiva, especialista em relacionamentos da Casa de Apoio do Espaço Recomeçar, dá 5 dicas de como fugir desses dados e ter uma relação mais tranquila e harmoniosa, propiciando uma união duradoura:


 

1. Converse sempre

 

Todo relacionamento deve haver, sempre, o diálogo. Certifiquem-se de que o outro saiba do que te incomoda, assim como procure saber o que incomoda no outro. Ouvir o outro é um exercício muito importante para essa reconexão e isso deve ser feito com muita empatia, pois nem sempre os problemas têm o mesmo peso um para o outro.


 

2. Procure desacelerar

 

Diante das nossas responsabilidades, traumas, cobranças e tudo que possa nos conturbar mentalmente, procure desacelerar para não descontar as vibrações negativas no outro. Entenda que ele(a) também tem seus problemas e que não merece ouvir palavras que machucam. Ao desacelerar, você consegue ouvir melhor e tudo tende a melhorar.


 

3. Se fortaleça espiritualmente

 

As energias negativas podem afetar a vida amorosa e uma das melhores formas para enfrentar uma crise no casamento é com a ajuda espiritual. A realização do Casamento Espiritual, por exemplo, proporciona boas vibrações, energias positivas e bloqueia tudo que possa interferir negativamente na união de um casal, fazendo voltar a ser como no início, com mais amor, respeito e reciprocidade. Se você já estiver separado do seu amor, a amarração amorosa pode lhe ajudar. Tudo feito de forma coerente e com a aceitação espiritual.


 

4. Fuja da rotina

 

Qualquer atividade em casal é bem-vinda na relação. Ao frequentar academia, aula de dança ou qualquer outra atividade, o casal começa a sentir cada vez menos o impacto da rotina. Sentir a presença do(a) parceiro(a) nos projetos de vida é uma forma de fidelizar a relação de forma amorosa, reconhecendo que deseja continuar ao lado do outro.



5. Faça surpresas

 

É preciso falar o óbvio! Mesmo amando o companheiro(a), você precisa externar o que sente, quebrando qualquer tipo de insegurança que, porventura, exista na relação. Falar do que sente e dizer o quando a pessoa amada é importante na sua vida é forma bem efetiva de harmonizar a relação a qual faz parte.


 

Para propiciar um ambiente mais saudável e amoroso para viver com a pessoa amada por mais tempo, Maicon Paiva, fundador do Espaço Recomeçar e que já atendeu mais de 35 mil pessoas, orienta o casal no youtube e também no site! Acesse aqui e conheça mais!


 

Sobre o Espaço Recomeçar

Desde 2002, o Espaço Recomeçar auxilia pessoas através de trabalhos espirituais. Seu fundador Maicon Paiva é um renomado espiritualista paulistano e sentiu a necessidade de auxiliar as pessoas em suas vidas, seguindo a tradição da leitura de búzios e tarô, ele e sua equipe auxiliam com limpezas espirituais e amarrações amorosas. Nos anos de trabalho, o Espaço Recomeçar já auxiliou mais de 35 mil pessoas e está aberto para receber você! Confira nossos serviços através do site, clicando aqui!

 

Para informações (Imprensa):

Queissada Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA