Pesquisar

13 de jun. de 2022

ENEL DISTRIBUIÇÃO SÃO PAULO DÁ 25 DICAS DE ECONOMIA DE ENERGIA NO COMEÇO DO INVERNO

 

·         O uso consciente do chuveiro elétrico pode resultar em uma economia de até 30% no mês, se utilizado na posição “verão”;

·          Para quem está trabalhando em home office, pequenas atitudes, como aproveitar a luz natural e desligar o monitor de computadores após o expediente, também podem ajudar a economizar energia

 

São Paulo, 13 de junho de 2022 - Com a chegada do inverno na próxima semana (21/06) e a diminuição das temperaturas, consumidores alteram os seus hábitos para preservar a sensação de conforto na estação mais fria do ano. Banhos se tornam mais demorados e aquecedores passam mais tempo ligados para esquentar os ambientes e secadoras de roupa passam a ser usadas com mais frequência. Apesar do bem-estar que proporcionam, esses equipamentos aumentam o consumo de energia nesta época.

 

“É preciso estar atento ao uso correto e eficiente de eletrodomésticos nesta época do ano, principalmente, com o chuveiro elétrico e aquecedores que consomem mais energia”, afirma André Oswaldo dos Santos, diretor de Mercado da Enel Distribuição São Paulo.

 

Pensando nisso, a Enel Distribuição São Paulo, concessionária de energia elétrica que atua em 24 municípios da Grande São Paulo, compartilha importantes dicas para que os consumidores possam curtir o friozinho do inverno de forma mais eficiente e com economia.

 

Chuveiros Elétricos:

·         A recomendação é ficar o mínimo possível no banho. Os aparelhos mais comuns têm potência de, aproximadamente, 5.500W. Desta forma, o banho de 15 minutos por dia, por pessoa, para uma família de quatro pessoas, equivale ao consumo de energia de mais de 400 lâmpadas LED de 13W ligadas por uma hora, o que corresponde a cerca de R$ 100 na conta;

·         Se utilizarmos o chuveiro elétrico na posição morno ou verão, haverá uma economia de cerca de 30%, ou seja, R$ 30,00. Se possível, programe o banho para as horas mais quentes do dia.

 Aquecedores:

 

·         No inverno, podem chegar a corresponder a 1/3 do gasto doméstico com eletricidade, conforme a utilização. Evite deixar o aquecedor ligado por longos períodos e utilize-o apenas quando estiver no ambiente.

 

Iluminação:

·         Aproveite a luz natural e abra janelas e cortinas durante o dia;

·         Ao pintar paredes e tetos, dê preferência às cores claras, que refletem melhor a luminosidade;

·         Troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou LED, que consomem de 60% a 80% menos energia e aquecem menos o ambiente.

 

TVs e Computadores:

·         Não deixe a TV ligada sem que haja alguém assistindo;

·         Programe o timer (desligamento automático) antes de dormir, evitando que a TV fique ligada desnecessariamente;

·         No caso do computador, desligue o aparelho sempre que ficar mais de 2 horas sem utilização;

·         Desligue o monitor a partir de 15 minutos de inatividade.

 

Stand-by:

·         Desligue ou tire da tomada quando não estiver usando um eletrodoméstico;

·         Não deixe os aparelhos em stand-by, porque seguem consumindo energia. 

 

 

Máquinas de lavar e secar:

 

·         Utilize a capacidade máxima das máquinas de lavar e secar;

·         Nas máquinas de lavar, fique alerta à quantidade de sabão, evitando repetir a operação de enxágue;

·         Para as máquinas que têm a função de água aquecida, a empresa recomenda não usar esse recurso;

·         Quanto às secadoras, utilize-as apenas quando realmente necessário e com a capacidade máxima.

  

Geladeiras:

·         Não abra a porta da geladeira desnecessariamente para não forçar o motor do eletrodoméstico;

·         Verifique se a borracha de vedação da porta está cumprindo sua função;

·         Nunca utilize a parte traseira do equipamento para secar roupas ou sapatos;

·         No inverno, reduza a potência de resfriamento da geladeira, tendo em vista que a temperatura externa já estará mais fria.

 

 Eficiência Energética dos equipamentos

 

·         Escolha eletrodomésticos de baixo consumo de energia, de preferência com selo A do Procel;

·         Procure por aparelhos com selo do Procel (no caso de nacionais), preferencialmente com alta eficiência energética, ou Energy Star (no caso de importados).

  

Outras dicas:

·         Sempre desligue os aparelhos ao sair de um ambiente. Nas pausas para o almoço ou intervalo, faça o mesmo;

·          Verifique periodicamente as condições da rede elétrica interna para identificar pontos de fuga de energia, que aumenta o valor da conta de luz, ou fios e cabos desencapados que podem trazer risco à segurança dos moradores.

 

A Enel Distribuição São Paulo disponibiliza um simulador de consumo elétrico (https://enel-sp.simuladordeconsumo.com.br/).  É possível calcular o quanto de energia é consumida em cada cômodo da casa ao inserir as informações dos aparelhos eletrônicos. Desta forma, é possível descobrir quem são os “vilões” e fazer a gestão de cada aparelho de acordo com a rotina de cada casa. O cálculo do simulador também é feito levando em conta o perfil de consumo de cada família na hora de dar o resultado, já que a cobrança de impostos pode variar.

Mais informações estão disponíveis no site da distribuidora  https://www.enel.com.br/pt-saopaulo/Para_Voce/Dicas_e_Orientacoes.html

 

Sobre a Enel Distribuição São Paulo

A Enel Distribuição São Paulo é uma empresa da multinacional de energia Enel. A companhia é a segunda maior distribuidora do país, respondendo por 10,3% de toda energia distribuída no Brasil e atendendo 8 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista, principal centro econômico-financeiro do Brasil. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.


Relações com a Mídia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA