Jogos de raciocínio estimulam relação com a natureza e cuidado com o meio ambiente em alunos da rede pública de ensino

A estratégia de gamificação é levada a atualmente a 10 mil escolas brasileiras, beneficiando 65 mil alunos no Brasil, majoritariamente da rede pública, por meio do Programa MenteInovadora, desenvolvido pela Mind Lab

 

O mês em que se comemora a chegada da primavera, 23, é também cheio de datas alusivas à natureza: Dia do Biólogo (3), Dia da Amazônia (5), Dia Internacional da Preservação da Camada de Ozônio (16), Dia da Árvore (21) e Dia Mundial do Mar (26). E para aproveitar o embalo, a Mind Lab - líder brasileira no desenvolvimento de tecnologias de impacto social com foco no desenvolvimento de habilidades socioemocionais, destaca alguns recursos presentes no seu circuito de jogos educativos que buscam transmitir aos alunos a importância de valorizar os animais, respeitar as diversidades e cuidar da natureza.

 

Por meio de uma metodologia focada no desenvolvimento socioemocional e cognitivo, os jogos de raciocínio são utilizados como ferramenta para conexão e transcendência de ensinamentos para a vida em mais de 10 mil escolas brasileiras. O número de alunos beneficiados está entorno de 65 mil, mas os impactos vão além: chegam até as famílias. Por isso, estima-se que um cerca de 200 mil pessoas estejam sendo estimuladas a ter uma relação mais cuidadosa e equilibrada com a natureza.

 

Os jogos de raciocínio - levados para alunos das 10 mil escolas em 17 estados brasileiros - partem de temáticas diversas para propor reflexões, por meio de perguntas provocativas, sobre a importância da valorização cultural, o respeito ao próximo e conscientização ambiental. Além disso, cada um dos jogos contribui para a resolução de problemas ou o desenvolvimento de habilidades, como a melhor forma de lidar com a ansiedade, o trabalho em conjunto, a insegurança, o foco, a memória.


 Abaixo, conheça um pouco sobre algumas destas dinâmicas e as habilidades socioemocionais utilizadas durante o evento Rancho do Peãozinho, no stand da Mind Lab dentro da Festa do Peão em Barretos, entre 19 e 28 de agosto, que ajudou mais de 10 mil crianças e familiares a desenvolverem essa conscientização sobre a importância e necessidade de cuidarmos do mundo em que vivemos.


 A hora do rancho

Esta é a dinâmica central, adaptada de uma atividade chamada “A hora do rush”, que simula uma situação de trânsito. Porém, em “A hora do rancho”, os desafios serão atravessar um campo com animais e não uma estrada cheia de carros. A missão final do jogo é contribuir para que os animais saiam em segurança para o pasto.
 

Clique Para Download



A atividade é realizada em duplas e trata sobre resolução de problemas. Parte da apresentação de uma situação que, em parceria, os participantes devem resolver. A experiência visa chamar a atenção para a resolução de problemas cognitivos e emocionais, como medo, insegurança e ansiedade diante de uma situação nova. Para isso, estimula-se que o participante pare para pensar e se coloque no lugar do colega. Os monitores presentes estarão constantemente orientando a continuidade da atividade por meio de perguntas que devem favorecer a reflexão, inclusive, sobre em quais vivências reais é possível aplicar o método para resolver conflitos e desafios. Também espera-se aprimorar habilidades como fala, escuta e o processo de pensamento. Crianças a partir de 4 anos já podem se envolver no jogo. Para os mais novos, serão reforçados desafios de deslocamento, espaço e formas.

 

O Castelo lógico
 

O castelo é formado por blocos que devem ser construídos e reconstruídos conforme cartas que vão sendo tiradas de um monte. A questão cognitiva a ser trabalhada nele é a observação de um padrão, a construção e reconstrução de hipóteses, tentando reproduzir o que se viu nas imagens.

 

Onde está Tobi
 

Tobi é um cachorro que conhece vários animais. O jogo fala sobre a história de alguns animais e incentiva a memória e o trabalho de forma coletiva e colaborativa. Lembrar da sequência de quem Tobi vai encontrando durante o jogo é o objetivo.
 

Chickens
 

Como um jogo da memória reforça a necessidade de se manter uma estratégia mnemônica. A intenção é estimular os participantes a criarem estratégias de memorização e foco.
 

A metodologia Mind Lab 

A Mind Lab trabalha com cerca de 70 jogos de raciocínio para o contexto brasileiro. O currículo é estruturado progressivamente por semestre para desenvolver habilidades específicas nos alunos de 4 a 18 anos, de acordo com sua faixa etária e necessidades de desenvolvimento. Os professores recebem manuais que explicam e estruturam cada lição em detalhes para apoiar o desenvolvimento do conjunto de competências do currículo para o respectivo semestre.


Mind Lab 

Mind Lab é líder em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de impacto social, criadora de uma solução para mudar o cenário brasileiro de defasagem educacional e geração de renda.
 

Por meio de metodologia própria, a Mind Lab foca na aprendizagem socioemocional. Com a proposta de trabalhar o desenvolvimento humano para uma vida mais harmônica e feliz, as metodologias e aplicações ampliam os potenciais de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, com a utilização de jogos de raciocínio que provocam a vivência de situações do cotidiano. Através do Programa MenteInovadora, a Mind Lab disponibiliza conteúdos alinhados com a nova BNCC- Base Nacional Comum Curricular, que possibilitam mudanças na prática pedagógica e auxiliam na aprendizagem integral dos alunos de forma colaborativa.
 

Desde sua fundação, em 2006, já atuou com instituições de ensino do setor público e privado e já capacitou mais de 185 mil professores para aplicação de suas metodologias em mais de 17 estados brasileiros, impactando diretamente mais 5.6 milhões de alunos e famílias. Em 2020, a Mind Lab foi reconhecida pela HolonIQ, plataforma norte-americana de inteligência global para educação, como uma das 100 startups em educação mais inovadoras da América Latina.


Atendimento à Imprensa:

Grazieli Binkowski

Comentários