Organizações captam mais de R$ 5,3 mi após programa Saúde+

 

Desenvolvido pelo Instituto Sabin, o programa contribui para que as participantes alcancem sustentabilidade institucional e gerem impacto social
 


Setembro, 2022. Chega a mais de R$ 5.3 milhões o total de recursos captados pelas organizações que passaram pelo Programa Saúde+, do Instituto Sabin. A iniciativa, criada em 1999, desenvolve os gestores de organizações sociais para que potencializem sua capacidade de gerar impacto social positivo.

 

"Estamos celebrando 23 anos do Programa Saúde+, que já teve outros formatos, vendo os empreendedores alcançarem os objetivos para os quais os capacitamos. São mais de 70 organizações da sociedade civil impactadas e mais de 20 mil pessoas beneficiadas direta e indiretamente. O total de recursos captados por elas após o programa é um dos indicadores de que adquiriram capacidades de articulação de parcerias, captação de recursos e gestão financeira", observou o gerente do Instituto Sabin, Gabriel Cardoso.
 

Gabriel Cardoso, Gerente do Instituto Sabin


Ainda segundo Gabriel, o programa está dividido em três grupos distintos. O primeiro é a 'Trilha +Gestão', com aulas ao vivo, com exemplos reais e atividades práticas, que propõem mudanças dentro das organizações, por meio de um aporte intelectual nos temas de gestão, captação de recursos, inovação e liderança. "Esse ano participam da trilha 16 organizações de mais de 12 cidades de todo o Brasil ", celebra o executivo.

 

O programa conta ainda com o grupo 'Comunidade de Empreendedores Sociais Saúde+', criado exclusivamente para os empreendedores sociais das OSCs aceleradas nos Programas Criança e Saúde e Saúde+ dos anos de 2018, 2019 e 2020. Por meio desta proposta, as organizações e empreendedores acessam uma rede de contatos ativa com oportunidade de desenvolvimento de ações em conjunto, além compartilharem boas-práticas em gestão, inovação e sustentabilidade e receberem conteúdos e jornadas de capacitação e inovação social. "A Comunidade é um passo importante para as organizações continuarem se fortalecendo e se desenvolvendo de forma conjunta", enfatiza.

 

O terceiro grupo, explica, é a Jornada de Inovação Social, programa de aceleração de projetos com alto potencial de impacto oferecido às ONGs ou OSCs que fazem parte da Comunidade. "A Jornada propõe um processo imersivo, vivencial e colaborativo baseado em Design Thinking e Teoria da Mudança, e é conduzido por especialistas da Phomenta, organização que promove a educação em gestão e inovação para empreendedores sociais, para que os projetos tenham apoio integral desde o entendimento do contexto social até a prototipação das soluções", detalha.

 

"O Saúde+ é um capítulo muito especial na história do Instituto Sabin. Foi a nossa primeira iniciativa e hoje, antes mesmo do instituto existir, e agora, já amadurecido, cumpre um papel fundamental para formação de um ecossistema mais forte ao apoiar e desenvolver OSCs por meio da capacitação de seus gestores e colaboradores", conclui.

 

O Instituto Sabin | Há 17 anos, o Instituto Sabin é responsável pela gestão do investimento social privado do Grupo Sabin. Organizado como uma OSCIP, com sede em Brasília e atuando em 12 estados e no Distrito Federal, o instituto tem missão de contribuir para a melhoria da qualidade de vida, do bem-estar e da prosperidade nas comunidades onde o Grupo Sabin atua, fomentando a Inovação Social.

 

A organização já investiu mais de R$ 50 milhões em iniciativas de impacto social que beneficiaram mais de 1,5 milhões de pessoas.

Para conhecer melhor a instituição, acesse o site do Instituto Sabin.

Para conhecer mais sobre o Grupo Sabin, acesse o site da companhia.

No LinkedIn da empresa também é possível conferir todas as novidades.

 

Para mais informações à imprensa:


Viviane Melém

FSB Comunicação

Comentários