Pesquisar

18 de set. de 2022

Poesia Imparcialista






Enquanto espero 

Suportar!

Essa é a palavra chave da vida.

Suportar ser,

suportar não ser,

suportar existir...

Queria encapar, mas não escapo.

E para iludir me faço

e me canso com qualquer coisa que tome tempo e espaço.

Existir é tão fastioso quando morrer, porém lentamente.

Esperar é suportar,

enquanto não vem, eu me ocupo em existir,

afinal não há outro jeito...,

no entanto, o que se espera?

Será que há alguma coisas para se esperar,

será que o fato de esperar não seja apenas um desculpa,

uma motivação para existir; 

olho por uma janela abstrata 

e fora isso de suportar e esperar

não há mais nada lá fora!

Antes que pense que sou um depressivo,

digo que tenho um caminho e vou por ele, 

vou por onde é possível, me salvo e suporto. 

José Nunes Pereira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA