SP paga bolsa-auxílio de R$1 mil para qualificar motofretistas em todo o Estado

 


 

Inscrições para as 12 mil vagas do Bolsa Empreendedor exclusivas para os motofretistas terminam no próximo domingo (18)

 

 

O próximo domingo (18) é o último dia para os motofretistas de todo o Estado se inscreverem no Bolsa Empreendedor, programa do Governo de SP. São 12 mil vagas abertas exclusivas para os profissionais responsáveis pelo transporte de produtos e serviços. As oportunidades são promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com o Detran SP.

 

Para receberem a bolsa-auxílio de R$1 mil do Bolsa Empreendedor, os interessados devem participar de um curso de qualificação empreendedora do Sebrae e obter formalização como MEI (Microempreendedor Individual) ou outra natureza jurídica. A bolsa é disponibilizada em duas parcelas de R$ 500, condicionadas a 80% de frequência nas aulas e a formalização do trabalho.

 

Pelo programa, o Governo de SP apoia os todos os empreendedores informais em situação de vulnerabilidade na migração ao mercado formal. No total, são 65 mil vagas abertas para todos os moradores do Estado, maiores de 18 anos, alfabetizados, com renda familiar mensal de até três salários-mínimos e atualmente desempregados ou enquadrados como MEI.

 

As inscrições podem ser feitas no site do Bolsa do Povo. Em caso de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato na Central de Atendimento: 0800 7979 800 (segunda a sexta, das 8h às 18h -- atendimento eletrônico 24h); (11) 98714-2645 -- WhatsApp (atendimento eletrônico 24h).

 

Criado pelo Governo de São Paulo e enviado em forma de projeto de lei pela Secretaria da Casa Civil à Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) em abril de 2021, o Bolsa do Povo tem 19 programas sociais, dentre eles, o Bolsa Empreendedor, que disponibilizará, somente este ano, R$100 milhões para apoiar, impulsionar e incentivar pequenos negócios em todo o Estado.

 

 

Mais informações:

Assessoria de Imprensa da Secretaria da Casa Civil

Comentários