Pesquisar

25 de out. de 2022

Que mulher!

 O fim do meu casamento

se deu numa conversa na mesa de um bar.

Não houve lágrimas,

apenas disfarçamos o alívio de se ver um livre o outro.

A notícia na televisão dizia que não é censura,

ela concluiu depois do fim de nosso casamento ali na mesa do bar:

Alguns serão censurados de fato!

Outros se adaptarão ao novo tempo;

produziram notícias ao gosto do freguês...

Olhei para ela e pedi mais um tempo para o nosso casamento!

Que mulher! 

Ela respondeu:

 _ Ainda temos que comer, democraticamente, essa porção de picanha com batatas!

Sim: _ E está ao gosto do freguês!

Ela riu e reatamos ali o casamento! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA