CONJUNÇÕES

 



Conjunções coordenativas

Ligam termos que exercem a mesma função sintática, ou orações independentes (coordenadas). As conjunções coordenativas subdividem-se em: aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas e explicativas.

Apresentamos a seguir as principais conjunções (e locuções conjuntivas) coordenativas de cada tipo:

a) Aditivas (indicam soma, adição): e, nem, mas também, mas ainda.

b) Adversativas (indicam oposição, contraste): mas, porém, todavia, contudo, entretanto.

c) Alternativas (indicam alternância, escolha): ou, ou… ou, ora… ora, quer… quer.

d) Conclusivas (indicam conclusão): pois (posposto ao verbo), logo, portanto, então.

e) Explicativas (indicam explicação): pois (anteposto ao verbo), porque, que.

Conjunções Subordinativas

Ligam duas orações sintaticamente dependentes. As conjunções subordinativas subdividem-se em: causais, condicionais, consecutivas, comparativas, conformativas, concessivas, temporais, finais, proporcionais e integrantes.

Apresentamos a seguir as principais conjunções (e locuções conjuntivas) subordinativas de cada tipo:

  • a) Causais (exprimem causa, motivo): porque, visto que, já que, uma vez que, como.
  • b) Condicionais (exprimem condição): se, caso, contanto que, desde que.
  • c) Consecutivas (exprime resultado, consequência): que (precedido de tão, tal, tanto), de modo que, de maneira que.
  • d) Comparativas (exprimem comparação): como, que (precedido de mais ou menos).
  • e) Conformativas (exprimem conformidade): como, conforme, segundo etc.
  • f) Concessivas (exprimem concessão): embora, se bem que, ainda que, mesmo que, conquanto.
  • g) Temporais (exprimem tempo): quando, enquanto, logo que, desde que, assim que.
  • h) Finais (exprimem finalidade): a fim de que, para que, que.
  • i) Proporcionais (exprimem proporção): à proporção que, à medida que, quanto mais, quanto menos.
  • j) Integrantes: que, se (quando iniciam oração subordinada substantiva).

Comentários