Pesquisar

14 de nov. de 2022

Fato Consumado

 Em um sentimento 

e um desejo que de realizou

senti toda a minha insignificância...

Antes eu me sentia 

com um espiro que não aconteceu,

como um sensação que sempre ficou para depois,

como algo que nunca se consumou,

semelhante a uma quase morte,

uma quase satisfação.

Quando o que era para ficar no quase, 

se realizou, 

senti que não havia mais nada além 

de estar sempre tão próximo

e não consumar.  

Nunca consumar o fato, 

nunca realizar um ato

alimenta a expectativa de realizar.

Um fato consumado

trás um vazio aterrorizante, 

por não ter mais onde se agarrar com o fio de vida. 

José Nunes Pereira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA