Figuras de construção ou sintaxe

Figuras de construção são figuras de linguagem relacionadas a construções frasais incomuns.

Elipse é a ocultação de uma palavra ou expressão na estrutura do enunciado.

"Belo é canalha, o Leandro."

Zeugma é um tipo de elipse em que ocorre a ocultação de um termo já mencionado na frase.

"Amo a canção Preciso me encontrar, na voz de Cartola; e também, (amo a canção) O mundo é um moinho."

Anáfora é a repetição de um ou mais termos no início de versos ou frases.

"Se você gritasse, / Se você gemesse,/ Se você tocasse / a valsa vienense,/ Se você dormisse,/

Se você cansasse,/ Se você morresse.../ Mas você não morre,/ Você é duro, José!"

Pleonasmo é a repetição intencional com o objetivo de enfatizar uma ideia.

Ela sorriu um sorriso triste ao se despedir

Beijou com a boca um beijo de despedida 


Anacoluto é a falta de conexão sintática entre o início da frase e a sequência de ideias

"Rico todo mundo sabe que dinheiro não compra educação."

Silepse é a concordância ideológica e não gramatical.

"O povo dessa vez não ficou calado, e exigiam seus direitos, sem reclamar dos deveres."

Hipérbato é a inversão da ordem direta de uma oração.

"À sorveteria para tomar sorvete de morango fui."

Polissíndeto é a repetição de conjunção coordenativa; principalmente, da conjunção “e”."

"Eles gritam, e cantam, e choram, e comemoram assim a vitória."


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Selic deverá permanecer em 13,75% ao ano

Falecimento de Glória Maria

Texaco

ABRE - ESTÁGIO - EMPREGO - APRENDIZ

Novos casos de câncer por ano até 2025

Anticoagulante

O governador Tarcísio de Freitas sancionou o projeto de Lei que prevê o fornecimento de medicamentos à base de canabidiol

Pix Internacional

Verticalização da Cidade de São Paulo