São Paulo: show gratuito no Auditório Ibirapuera

 Parque Ibirapuera celebra aniversário de São Paulo com programação especial e show gratuito no Auditório Ibirapuera

Ação para tutores de pets, entrada gratuita em equipamentos culturais e sessões para todas as idades no Planetário Ibirapuera estão entre os destaques

 

Para celebrar os 469 anos da cidade de São Paulo, na próxima quarta-feira (25), o Parque Ibirapuera, que é administrado pela Urbia, preparou uma programação especial com diversas atividades gratuitas para os visitantes. Um dos destaques é o show da Orquestra Furiosa da Escola de Música do Parque Ibirapuera, no Auditório Ibirapuera. Além desta atração, o espaço para pets contará com customização de medalhinhas de identificação, entrada gratuita no Pavilhão Japonês até o fim de semana, programação do Planetário e muito mais. Confira abaixo:

 

Show gratuito no Auditório Ibirapuera

A Orquestra Furiosa da Escola de Música do Parque Ibirapuera vai realizar uma apresentação em homenagem à cidade de São Paulo na quarta-feira (25), a partir das 11h, no Auditório Ibirapuera. Sob regência de Nailor Proveta, um dos principais nomes da música instrumental do Brasil, a Orquestra vai apresentar um repertório composto por canções de grandes artistas nacionais, como Adoniran Barbosa, Paulinho da Viola e Milton Nascimento. O evento terá participação da Banda Aldeia. 

 

Festa no Quintal

Para os tutores de pets, o parque mais amado de São Paulo contará com uma ativação muito especial. A Petlove realizará a “Festa no Quintal”, na quarta-feira (25), das 10h às 18h, com entrada gratuita. Na data, a empresa oferecerá customização de medalhinhas de identificação (dogtag), em estilo de grafite, criadas pelos artistas paulistanos Nayara Kliner, do Nayara Setelinhas Oficina, e João Marcelo. Também será instalado um bolo cenográfico gigante para a celebração da data, além de um espaço personalizado para fotos de pets e tutores. Vale a pena visitar o local.

 

Planetário Ibirapuera

O Planetário Ibirapuera apresentará o espetáculo “Show de Luna”, que destaca diversas histórias de Luna, uma garota apaixonada por ciências, e que usa a imaginação para descobrir respostas do universo juntamente com seu irmãozinho Júpiter e seu furão de estimação Cláudio. Com duração de 40 minutos, a sessão é destinada ao público infantil, de dois a seis anos de idade. O espetáculo está previsto para quarta-feira (25), às 13h.

 

Outra sessão programada para a data é “Olhar o Céu de São Paulo Outra Vez”, que destacará o céu da capital paulista, que há muito não se vê por causa da poluição luminosa e crescimento desenfreado da cidade. Os horários das exibições são: 15h e 17h.

 

“Planetas do Universo” é outro evento da celebração do aniversário de São Paulo, a sessão faz uma reflexão sobre as descobertas que mexem com a humanidade e que trazem à tona questões profundas dos seres humanos: será que estamos sozinhos no universo? “Planetas do Universo” acontece às 15h.

 

Ainda faz parte da programação a palestra “Sob os Céus de São Paulo”, conduzida por Denis Zoqbi, gestor do Clube de Astronomia de São Paulo-CASP, na quarta-feira (25), às 19h. Os interessados devem adquirir o ingresso gratuito no Urbiapass. O evento fará uma retrospectiva de 1960, período no qual o Brasil vivia uma revolução que remodelava o pensamento industrial e educacional de todo o país. Durante o governo de Juscelino Kubistchek, integrantes da Associação de Amadores de Astronomia A.A.A, sediada em São Paulo, inauguraram, no Planetário do Ibirapuera, o primeiro radiotelescópio amador totalmente voltado à pesquisa espacial, montado no Brasil.

 

Pavilhão Japonês com entrada gratuita até domingo (29)

Considerado um dos principais locais para mergulhar na história e cultura japonesa na capital paulista, o Pavilhão Japonês prestará uma homenagem à cidade de São Paulo com entrada gratuita de quarta-feira (25) a domingo (29), das 10h às 17h.

 

Além da gratuidade, o espaço oferecerá uma atividade para aprender a técnica japonesa do kokedama (plantio em bola de musgo). Trata-se de um cultivo sustentável e tendência no paisagismo. Com duração de uma hora e turmas de até 20 pessoas (por ordem de chegada), a atividade acontecerá em três horários: às 11h, às 14h e às 16h. O evento é realizado pela Matsu Store e o Pavilhão Japonês.

Já no sábado (28), a partir das 11h, o espaço realizará uma apresentação e oficinas de taiko (tambores japoneses), regado com muita música e performance de cantores e grupos. No mesmo dia, a partir das 12h40, será feita a apresentação do trabalho realizado no Kodomo no Sono (entidade sem fins lucrativos voltada à assistência e amparo às pessoas com necessidades especiais).

 

Localizado às margens do lago do Ibirapuera, próximo ao Planetário e ao Museu Afro Brasil, o Pavilhão Japonês foi construído por meio de uma parceria entre o governo japonês e a comunidade nipo-brasileira, conta com um salão nobre e diversas salas anexas. Em seu Salão de Exposição é possível conferir peças doadas pelo governo japonês que retratam as belezas do Japão. No espaço, também é possível apreciar o jardim repleto de plantas e árvores ornamentais, além de um lindo lago de carpas.

 

Para quem deseja saborear algumas das delícias da culinária japonesa, o Pavilhão conta com uma cafeteria estilo take away, o Na Na Ya, que serve opções variadas de pratos doces e salgados. O espaço tem ainda uma loja de souvenir com temática japonesa, da Matsu Store.

 

Museu Afro Brasil

Com um acervo composto por mais de 8 mil obras, que incluem pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documento, entre outros, na quarta-feira (25) o Museu Afro Brasil funcionará das 10h às 17h (permanência até 18h), com entrada gratuita. O acervo do MAB é composto por peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidas entre o século XVIII e os dias de hoje, que retratam diversos aspectos dos universos culturais africanos e afro-brasileiros, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a escravidão, registrando a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira. Os ingressos gratuitos podem ser adquiridos no site do Museu.

 

Sobre a Urbia

Criada em 2019, a Urbia Gestão de Parques nasce para valorizar, cuidar e preservar o patrimônio histórico e ambiental, enquanto oferece lazer qualificado, entretenimento e cultura a todos os usuários. A dedicação da empresa se concentra em criar, a cada dia, um mundo melhor com mais diversidade, inclusão e cidadania. Ao todo, são quatro concessões especializadas na gestão de parques públicos da capital paulista e da região sul do país. A primeira é a Urbia Gestão de Parques de São Paulo é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) criada para cuidar da gestão dos seis parques paulistanos (Ibirapuera, Tenente Brigadeiro Faria Lima, Jacintho Alberto, Jardim Felicidade, Eucaliptos e Lajeado), apoiada no desenvolvimento sustentável, com o objetivo de conectar pessoas por meio do lazer, entretenimento e cultura, e proporcionar momentos de imersão e harmonia com a natureza. Além destes, a Urbia também é responsável pela gestão dos Parques Horto Florestal e da Cantareira, ambos localizados na Zona Norte de São Paulo/SP; áreas de visitação dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral (Cânions), situados em Cambará do Sul/RS; e recentemente foi vencedora da licitação de concessão das áreas de visitação do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu/PR, onde a assunção do espaço deverá acontecer em breve.

 

Contato Imprensa -- Urbia

E-mail: imprensa@urbiaparques.com.br

Comentários