Pesquisar este blog

Mostrando postagens com marcador Cidade de Marília. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cidade de Marília. Mostrar todas as postagens

Condenado por estupro ataca mulher em ‘saidinha’ de Natal e é esfaqueado pela vítima em Marília


Homem que cumpria pena também por roubo se passou por cliente para levar correta de imóveis a uma casa, onde anunciou intenção de estuprá-la. Na briga, foi esfaqueado pela vítima, roubou seu carro, mas se acidentou e foi preso.


Por G1 Bauru e Marília

25/12/2020 15h22 Atualizado há 18 horas

Um detento condenado por estupro foi esfaqueado depois de atacar uma mulher, de 32 anos, durante a "saidinha de Natal" em Marília, nesta quinta-feira (24). Segundo a polícia, o homem se passou por comprador de imóveis para atrair a vítima, uma corretora.

Conforme a polícia, o detento de 42 anos foi até uma imobiliária no centro da cidade, se apresentou como oficial do Exército e disse que estaria de mudança para a cidade, com interesse em adquirir uma casa.

A corretora de imóveis apresentou algumas opções disponíveis e foi com ele até uma casa no Jardim Olinda, na zona oeste de Marília.

No momento em que mostrava o banheiro para o suposto comprador, ele tirou uma faca de sua cintura e mandou a vítima se ajoelhar porque iria estuprá-la.

A mulher entrou em luta com o criminoso e sofreu ferimentos em suas mãos. Ela ainda conseguiu tirar a faca do criminoso e, para se defender, o golpeou na região das costas.

O homem correu até o carro da vítima e fugiu com o veículo, levando ainda sua bolsa com documentos pessoais e dinheiro. A corretora de imóveis foi levada pelo Samu para o Hospital das Clínicas (HC), onde recebeu atendimento médico.

A Polícia Militar foi informada sobre o crime e iniciou as buscas, até que uma equipe de Pompeia se deparou com o carro na Rodovia Comandante João ribeiro de Barros (SP-294).

Após perseguição, o homem perdeu o controle do carro e bateu contra uma calçada, na Avenida Shunji Nishimura, onde foi preso.

O suspeito apresentava duas perfurações por faca nas costas e foi levado para o HC, onde permanece internado, sob escolta da PM. Assim que receber alta, ele será encaminhado para a cadeia de São Pedro do Turvo.

Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Gestão Daniel Alonso investe na perfuração de novos poços e reservatórios para ampliar rede de abastecimento




Marília passou a contar com 12 novos poços e 3 novos reservatórios que, juntos, garantem o melhor abastecimento de todas as regiões da cidade


O prefeito Daniel Alonso estabeleceu o saneamento básico como uma das prioridades de seu governo, em conjunto com a realização das obras de tratamento de esgoto, direcionando investimentos para a captação de água mais limpa e com preço acessível para toda a cidade.
Antes do governo Daniel Alonso, todo morador conhecia o problema crônico de falta de água na cidade. Essa situação dramática ficou no passado, assim como muitos outros problemas considerados graves em Marília, que com vontade política foram resolvidos, promovendo a melhoria da qualidade de vida da população e colocando Marília de volta no mapa do desenvolvimento de São Paulo.  Agora Marília está pronta para receber novos investimentos.  
De acordo com o balanço do Departamento de Água e Esgoto de Marília (Daem), até outubro deste ano a gestão Daniel ampliou a rede de abastecimento de água do município com a perfuração de 12 novos poços, com capacidade de vazão de 420 mil litros/hora, além da construção de três grandes reservatórios para armazenar 2,7 milhões de litros de água, em todas as regiões da cidade.
O Poço Águas de Marília foi reintegrado ao patrimônio da Prefeitura, gerando uma economia aos cofres públicos de R$ 15,5 milhões nesse período de quase quatro anos.
Como explica o prefeito Daniel Alonso, “com a perfuração de poços profundos, trabalhando 20 horas por dia conforme as normas, como é o caso do poço, não será preciso mais utilizar a água da represa Cascata que tem um custo maior para o tratamento, deixando-a assim como reserva para casos de emergência".
Segundo o presidente do Daem, André Ferioli, com o novo poço serão atendidas as zonas Sul e Oeste, mas outras regiões também serão beneficiadas.
“Além de ampliarmos a oferta de água para as zonas Sul e Oeste, teremos também ampliação da oferta de água para a zona Norte e parte central da cidade, através da Estação de Tratamento de Água do Rio do Peixe, que passará a direcionar mais água para estas regiões (Sul e Oeste) somente em casos de emergência", comentou Ferioli.
Atualmente o Daem tem 82 poços para captação de água e 56 reservatórios, sendo os mais representativos: R-01 Padre Nóbrega; R-02 Sede, R-04 São Miguel; R-06 Fragata; R-08 Distrito Industrial; R-10 Nova Marília; R-12 Cascata; R-14 Acapulco; R-16 República; R-28 Primavera e R-54 Riviera.

Crianças se reuniram no Ganha Tempo de Marília para fazer mil da ave tsuru

Crianças de igreja budista fazem mil origamis de pássaro para pedir fim da pandemia em Marília

Lenda japonesa diz que quem fizer mil peças da ave tsuru com o pensamento voltado para o desejo poderá ter sonho realizado. Nos Estados Unidos, artista criou memorial com tsurus em homenagem às vítimas do coronavírus.
Por G1 Bauru e Marília

Cerca de 30 crianças de uma igreja budista de Marília (SP) fizeram mil tsurus, pássaros de papel feitos com a técnica do origami, para pedir o fim da pandemia de coronavírus.

O tsuru é uma ave sagrada do Japão, que simboliza saúde, sorte, felicidade e longevidade. A lenda japonesa diz que quem fizer mil peças do origami com o pensamento voltado para o desejo, poderá ter o sonho realizado.


Crianças se reuniram no Ganha Tempo de Marília para fazer mil tsurus — Foto: Ana Carolina Levorato/TV TEM

Crianças se reuniram no Ganha Tempo de Marília para fazer mil tsurus — Foto: Ana Carolina Levorato/TV TEM
As crianças se reuniram no Ganha Tempo da cidade para fazer os tsurus. O local fica aberto das 8h às 13h na Avenida das Indústrias, número 294.

Homenagem às vítimas da Covid

A artista Karla Funderburk, de Los Angeles, também começou a confeccionar tsurus, mas para criar um memorial em homenagem a cada uma das milhares de pessoas que morreram por coronavírus nos Estados Unidos.


Artista cria um memorial de tsurus, origami que imita um pássaro, para as vítimas de Covid-19 nos EUA — Foto: AP Photo/Richard Vogel

Artista cria um memorial de tsurus, origami que imita um pássaro, para as vítimas de Covid-19 nos EUA — Foto: AP Photo/Richard Vogel
Segundo ela, o origami foi uma forma de processar a perda, já que os tsurus são um símbolo tradicional japonês de carregar a alma para o céu, segundo ela.
As aves estão penduradas no teto do estúdio dela. O projeto conta com voluntários que entregam dezenas de pássaros de papel feitos diariamente, para que ela consiga concluir a homenagem em forma de arte.


"Os tsurus são um símbolo tradicional japonês de carregar a alma para o céu”, diz Funderburk — Foto: AP Photo/Richard Vogel

"Os tsurus são um símbolo tradicional japonês de carregar a alma para o céu”, diz Funderburk — Foto: AP Photo/Richard Vogel

Marília - mídia

                                                         C M C   : CMC - Mídia

 


                                Pins publicados mais recentes


CIDADE DE MARÍLIA: 

WWW.CIDADEDEMARILIA.COM